Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Em duelo argentino na Sula, Independiente empata com o Atlético Tucumán e avança

Atletico-Tucuman-x-Independiente_05_11_2020
(Foto: Divulgação/Conmebol Sul-Americana)

*Por Danilo Di Grado

Em confronto válido pela segunda fase da CONMEBOL Sul-Americana, Atlético Tucumán e Independiente entraram em campo na noite desta quinta-feira (5), no estádio Monumental Presidente José Fierro.

OS_BRAZIL_300x250_2020_Q2_SOC

Leia Mais: Unión Santa Fe surpreende e elimina o Emelec da CONMEBOL Sul-Americana
Coquimbo vence de novo o Estudiantes de Mérida e passa tranquilo na Sula


Após a vitória por 1 a 0 para o time de Avellaneda na ida, o empate em 1 a 1 na casa do CAT fez com que o Rey de Copas conseguisse garantir sua classificação para oitavas, onde agora irá encarar o Fênix, do Uruguai.

O jogo

Iniciando o confronto de forma mais equilibrada, apenas uma chance de cada apareceu. Na primeira, Silvio Romero já tratou de testar o goleiro Cristian Lucchetti, porém Javier Toledo respondeu na mesma moeda, porém sem êxito nas duas.

Na sequência, até meados dos 20 minutos, as melhores chances foram da equipe de Avellaneda, que, por sua vez, conseguiu abrir a contagem. Após erro de passe no meio campo, Bustos foi acionado pelo lado direito para fazer o cruzamento, que acabou no gol de Silvio Romero, depois do toque de cabeça que pegou no marcador do Tucumán. 1 a 0.

Porém, o time da casa não desistiu e conseguiu igualar antes do término da primeira etapa. Após linda troca de passes no meio-campo, Luciano Monzón recebeu no lado esquerdo e, ao cruzar na medida, encontrou seu companheiro de elenco Leonardo Herdia mandar de cabeça sem chances para Sosa. 1 a 1.

Diferente de como foi no primeiro tempo, foi o Tucumán quem reiniciou o confronto buscando mais seu campo de ataque. Em uma tentativa isolada, Leonardo Heredia bem que arriscou, porém sua finalização acabou não surtindo o efeito esperado, mantendo o placar sem alterações.

Sem maiores emoções com o passar do tempo, Lucas Bignone optou por algumas trocas em sua equipe, visando dando mais importância ao seu meio-campo. Sendo assim, até meados dos 30 minutos, praticamente nenhum dos dois times conseguiram criar chances para finalizar, deixando os goleiro tranquilos em campo.

Praticamente indo para o tudo ou nada, o Atlético Tucumán passou a arriscar mais contra Sosa. Entretanto, o Independiente não quis saber de ceder espaços ao adversário e também foi em busca de mais um tento nos acréscimos com Silvio Romero, porém sem êxito, dando a deixa para a arbitragem colocar um ponto final no confronto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *