Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Em evolução e adaptado a MLS, Bressan mira título nacional no FC Dallas

em-evolucao-e-adaptado-a-mls-bressan-mira-titulo-nacional-no-fc-dallas-Futebol-Latino-12-11
Foto: Divulgação/FC Dallas

Sem receio de contar sobre conceitos anteriores a sua passagem pelos Estados Unidos, o zagueiro brasileiro Bressan tem visto de perto que elementos como organização, planejamento e nível técnico da Major League Soccer (MLS) são pontos em franco crescimento.

OS_BRAZIL_300x250_2020_Q2_SOC

Leia mais: Técnico da Colômbia se envolve em escândalo por declaração na coletiva
Atacante que atua na Europa é mais um a testar positivo para Covid-19

O jogador com passagem por equipes como Grêmio, Flamengo e Peñarol também comentou em entrevista dada ao portal da ESPN que a oportunidade de enfrentar nomes consagrados no futebol europeu e desfrutar da estrutura que tem sua equipe, o FC Dallas, são pontos que o deixam plenamente adaptado a sua experiência que dura desde 2019:

“Está sendo uma baita experiência. Busquei informações com os diretores e o lateral-esquerdo Marquinhos Pedroso, que me deu ótimas referências. Me surpreendeu a organização da liga e a competitividade. No Brasil temos certo receio e preconceito com a liga dos EUA, que está crescendo muito. Eles não têm mais trazido tantos jogadores em fim de carreira, mas contratam muitos jovens da América do Sul. Estou aprendendo muito porque é um liga muito física e enfrento jogadores de vários países diferentes. São jogadores que são referências e me lembro de tê-los visto em Copas do Mundo. Mas quando começa o jogo você esquece isso e precisa tomar cuidado porque são diferentes. São caras que poderiam estar em grandes clubes da Europa, mas vieram para cá. Eles têm muita qualidade técnica.”

“O Dallas é conhecido por formar muitos jogadores. Eles não são de contratar jogadores de peso como o Los Angeles Galaxy. Nosso grupo é muito bem equilibrado. Eles trazem peças importante para brigar”, acrescentou.

Com tamanho incentivo, na cabeça de Bressan não passa no momento a ideia de retornar ao futebol brasileiro, mas sim de retribuir o grau de experiência e aprendizado adquirido no país norte-americano com o título da MLS, algo inédito na história do clube do Texas:

“Ano passado caímos fora nas quartas de final para o Seattle Sounders, que foi campeão. Agora, vamos pegar o Portland, que venceu o torneio no meio do ano em Orlando. É um time de tradição, mas será um grande confronto e em 90 minutos tudo pode acontecer. Quero ser campeão.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *