Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Em fortes palavras, Ibrahimovic elogia Mourinho e critica Guardiola

Atacante do Los Angeles Galaxy, Ibrahimovic também disse em palavras a veículo italiano que tem o desejo de defender o Napoli

As declarações do atacante sueco Zlatan Ibrahimovic, atualmente no Los Angeles Galaxy, dificilmente passam despercebidas. Ainda menos quando se trata de comentar sobre suas impressões diante de nomes mundialmente conhecidos como o português José Mourinho e também o espanhol Pep Guardiola.

Leia mais: Esquadrões Libertadores: 1986 – River Plate coloca a segunda taça na sua galeria
Vidal elogia jovem do Barça, mas faz alerta por amadurecimento do companheiro de time

Em palavras captadas pelo conhecido veículo italiano La Gazzetta dello Sport, Ibra foi extremamente elogioso com o treinador lusitano que está sem clube desde que deixou o comando do Manchester United (Inglaterra) em dezembro de 2018. Além de ambos terem trabalhado juntos no clube inglês, também foram companheiros de clube na Inter de Milão (Itália).

“Seguimos em contato, teve um impacto grande na minha carreira. Segue sendo The Special One, um ganhador. Espero que volte logo a um banco de reservas e estou seguro que triunfará de imediato”, avaliou o atacante sueco.

Todavia, quando teceu comentários sobre sua relação com Guardiola, as palavras nem de longe foram tão elogiosas. Lembrando, aliás, um episódio onde ambos já não dividiam mais o ambiente de trabalho como o fizeram nos tempos de Barcelona (Espanha):



“Quando nos enfrentamos, se escondeu de mim. Voltei ao vestiário depois de uma partida e ele estava em uma sala esperando que eu saísse. Na porta, um dos seus assistentes lhe disse: ‘Ibra já foi, pode sair agora’ (…) É um técnico, mas, como homem…”

Envolto em especulações que o ligaram na última semana ao Calcio, mais precisamente a Fiorentina, Ibrahimovic pontuou que tem vontade de defender as cores de outra equipe da elite italiana, o Napoli, por um motivo bastante curioso:

“Depois de ver o recente documentário sobre o Maradona, gostaria de me experimentar no Napoli, talvez replicar o que o Diego conseguiu. Comigo, o San Paolo estaria cheio e o Ancelotti é um grande treinador. Mas a decisão final dependeria de várias coisas.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019