Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Episódio de Teo Gutiérrez com revólver no vestiário encerrou a carreira de técnico

Foto: Jorge Cassiani

Conhecido pela personalidade forte, Teo Gutiérrez, atualmente no Junior Barranquilla, teve uma passagem no Racing e, apesar dos gols marcados, a sua saída não foi nada positiva e aconteceu depois de um episódio lamentável com os companheiros.



Leia Mais: Del Piero confirma que gostaria de ter atuado em clube da América do Sul
Médico da seleção do Peru é internado com problema cardíaco

Durante uma discussão no vestiário, o atacante colombiano puxou um revólver dentro do vestiário e ameaçou atirar nos companheiros. Assustado com o que viu, o técnico Alfio Basile decidiu encerrar a sua carreira.

“Analisei a minha vida naquele dia. Foi uma situação complicada e que nunca imaginei viver isso. Imagina se escapa uma bala no vestiário e mata alguém”, afirmou ao Fox Sports.

“Eu já estava cansado com tudo que ocorria no clube. Quando me deparo com uma briga e vejo Teo Gutiérrez com um revólver. Aquilo foi o bastante para encerrar a minha trajetória no futebol”, completou.

No total, Teo Gutiérrez disputou 40 partidas pelo Racing e anotou 20 gols, um bom aproveitamento para o atacante, que não deixou saudades em Avellaneda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019