Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Equador e Japão empatam e estão eliminados da Copa América

Foto: Reprodução/Sportv

Em duelo emocionante no Mineirão, Equador e Japão empataram por 1 a 1. O resultado sacramentou a eliminação das duas seleções da Copa América. Melhor para o Paraguai, que passou como o segundo melhor terceiro colocado.

Leia Mais: Cavani desequilibra, Uruguai bate Chile e passa em primeiro no Grupo C
Em jogo para cumprir tabela, Bermudas vence a Nicarágua pela Copa Ouro

O confronto

Depois de encarar o Uruguai de igual na rodada passada, o Japão entrou ligado no Mineirão. Sem deixar o Equador respirar, o meio-campo asiático pressionava e o gol parecia questão de tempo.

Aos 16 minutos, Okazaki recebeu lançamento em profundidade, dividiu com Domínguez e viu a bola sobrar com Nakajima, que pegou de prima e mandou para o fundo da rede.

Assim como fez com o Uruguai, o Japão recuou e deu campo ao Equador, que começou a crescer dentro de campo e levar perigo. Na casa dos 34 o castigo japonês. Arboleda soltou a bomba e no rebote do goleiro, Mena estufou as redes do Mineirão, 1 a 1.

O empate devolveu o Japão ao ataque e por muito pouco não retomou a vantagem. Nakajima saiu na cara de Domínguez, tentou encobrir e mandou para fora.

No segundo tempo o ritmo do confronto era menor. As duas seleções tinham mais cuidado para descer e a defesa era a maior preocupação. A primeira chance do Japão só veio aos 20 minutos, quando Nakajima exigiu boa defesa de Domínguez. A resposta equatoriana veio através de Preciado, que arriscou e viu Kawashima defender em dois tempos.

Mais interessado no ataque, o Equador tentava encurralar o Japão, mas a falta de qualidade técnica atrapalhava a Tri. O jeito foi arriscar de fora da área e Velasco fez Kawashima trabalhar e evitar a virada.

Nos minutos finais, naquele último abafa, o Japão perdeu um gol inacreditável. Kubo deixou Maeda na cara do gol, mas a bola saiu por cima.

No último lance do confronto o VAR impediu a classificação japonesa. Nakajima chuta, Mina trava no carrinho e no rebote, em posição irregular, Kubo manda para dentro do gol. Após a checagem do árbitro de vídeo, o gol foi anulado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019