Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Escândalo! Jogador assume que foi campeão continental com identidade falsa

Foto: Divulgação/LDU

A noite de quinta-feira foi agitada pelos lados da LDU. Através de uma entrevista ao programa Fútbol Sin Cassette, o atleta Gonzalo Chila revelou que defendeu o time equatoriano e foi campeão da Recopa Sul-Americana com identidade falsa.

Bettilt 300x250

Leia Mais: Zagueiro ex-Palmeiras vibra com provável retorno do futebol japonês
Valencia vê zagueiro argentino em rota de saída e coloca outro na mira



Tudo começou em 2003, quando o então Ángel Cheme, falsificou a sua identidade para atuar num torneio juvenil no Equador. Desde então, ele assumiu o nome Gonzalo Chila e desenvolveu a sua carreira ate chegar a LDU.

Na temporada 2010, a Liga de Quito encarou o Estudiantes de La Plata na Recopa Sul-Americana e Gonzalo Chila, um dos destaques do time, fez parte do elenco campeão continental.

Transferência

Em alta no clube, Gonzalo Chila recebeu uma proposta do exterior. Ao analisar o caso, a diretoria da LDU descobriu a dupla identidade do atleta e o chamou para conversar. De acordo com o próprio ex-jogador, o clube equatoriano só pensou no dinheiro e não ligou para a gravidade do caso.

Estudiantes

Questionado pela imprensa argentina se iria recorrer à Conmebol para ficar com a taça da Recopa Sul-Americana de 2010, o vice-presidente Pincha, Martín Gorostegui não mostrou muito otimismo.

“É uma questão bem diferente. Vamos analisar se existe algum espaço ou regulamento que possamos reclamar. Acredito que seja bem difícil conseguir algo”, afirmou à Cielo Sports.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019