Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Estreante na elite peruana, Deportivo Llacuabamba vem mal

Início na Primeira Divisão do Peru não tem sido com bons resultados, já que tem apenas um triunfo e um empate, além de quatro derrotas

*Por Vinicius Fernandes

O Campeonato Peruano de 2020, interrompido em função do novo coronavírus (COVID-19), tem duas novidades entre os seus 20 participantes: o Club Social Cultural Deportivo Llacuabamba e o Fútbol Club Carlos Stein, pela primeira vez na elite nacional.

Leia mais: Veja como estão os campeonatos nacionais pela América do Sul
O que fazer enquanto o futebol está parado?

O clube da cidade de Llacuabamba, localizada no distrito de Parcoy, província de Pataz, departamento de La Libertad, foi fundado em 2011 e no ano passado conseguiu avançar na Copa Peru desde a etapa distrital, saindo campeão da Liga Distrital de Parcoy, campeões da Liga Provincial de Pataz e depois classificando-se à etapa nacional como vice-campeões da Liga Departamental de La Libertad, sendo esta sua primeira participação na etapa final da Copa, onde seguiu surpreendendo e chegou ao quadrangular final. Após empate contra o Chavelines de Pacasmayo (1 x 1), goleou o Sport Estrella de Piura (5 x 0) e empatou contra o Carlos Stein de Lambayeque (2 x 2), o que lhe daria o título da Copa Peru e vaga na elite pela primeira vez, mas devido à escalação irregular de Milton Bermejo, a Comissão de Justiça da Federação Peruana de Futebol deu o troféu ao elenco carlista.

No entanto ainda havia uma nova chance, no Quadrangular de Acesso 2019, que vali mais dois lugares na Primeira Divisão de 2020. O Llacuabamba venceu por 2 a 1 o Chavelines, empatou por 1 a 1 contra o Deportivo Coopsol e ao empatar por 0 a 0 contra o Atlético Grau, enfim conquistou o sonhado acesso.

A estreia na elite foi com derrota, fora de casa, para o Sport Boys, por 3 a 2. Coube a Adrián Zela, contra, fazer o primeiro gol do Llacuabamba na história do clube na Primeira Divisão. José Bustamante, atacante de 20 anos, foi então o primeiro jogador do time a balançar as redes adversárias.

Em seguida, o primeiro triunfo, ao fazer 3 a 1, em casa, na Academia Cantolao. Depois, três derrotas consecutivas: 2 x 5 Cienciano (f), 1 x 2 Universidad San Martín (c) e 0 x 3 Alianza Universidad (f), decretando a demissão do técnico argentino Néstor Clausen. Por fim, empate por 2 a 2, em casa, contra o UTC Cajamarca, na estreia do novo treinador, o colombiano Néstor Otero. Com isso, ao ter quatro pontos ganhos, ocupa a 19ª (penúltima) colocação.

No elenco são cinco estrangeiros, o limite previsto no regulamento (apenas quatro podem estar em campo ao mesmo tempo): o goleiro paraguaio Mario Ovando, o lateral uruguaio Nicolás Raguso, o zagueiro colombiano Humberto Mendoza, o atacante salvadorenho Kevin Santamaría e o atacante argentino Maximiliano Velasco.

A temporada 2020 do campeonato peruano é a primeira com 20 clubes na elite. Seguem os dois torneios (Apertura e Clausura) e o campeão de cada avança às semifinais gerais, em partida de ida e volta, contra os dois melhores colocados na tabela acumulada (soma de pontos nos dois torneios). Caso uma mesma equipe vença os dois torneio será proclamada campeã nacional de maneira direta. Se os campeões do Apertura e do Clausura ocupam os dois primeiros lugares do acumulado não haverá fase semifinal, jogando a decisão diretamente. Se só um ganhador ocupa um dos dois primeiros lugares do acumulado este se classifica direto à final. Por outro lado, os quatro últimos na tabela acumulada serão rebaixados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019