Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Estudiantes de Mérida vira de forma espetacular e vence o Alianza Lima

Twitter Estudiantes de Mérida

Pela 3ª rodada do Grupo F da Libertadores da América, no estádio Metropolitano de Mérida, o Estudiantes conseguiu uma virada espetacular por 3 a 2 contra o Alianza Lima. Com o resultado, os venezuelanos somam 3 pontos e assumem a 3ª posição. Os peruanos não fizeram nenhum ponto e seguram a lanterna.

 

Leia Mais: Liga da Concacaf tem data de sorteio oficialmente divulgada
Oficial! Lavezzi vai realizar teste antes de jogar por clube sul-americano



 

Na próxima rodada, o Estudiantes de Mérida enfrenta o Nacional-URU, no Metropolitano de Mérida, dia 22 de setembro. Já o Alianza Lima pega o Racing, no estádio Alejandro Villanueva, dia 23 de setembro.

 

A partida

 

Mesmo sem ritmo de jogo por conta da inatividade, o Estudiantes de Mérida começou melhor e, aos 10 minutos, criou uma ótima chance. Cristhian Rivas desceu pelo lado direito e passou para Ronaldo Rivas. O lateral bateu forte de dentro da área e obrigou o goleiro Butron a fazer uma grande defesa.

 

Os Rojiblancos continuaram melhor ao longo da etapa inicial, pressionaram e conseguiram criar duas boas chances, mas Luz Rodríguez e Edson Rivas desperdiçaram suas oportunidades.

 

O Alianza Lima tentou especular durante a etapa inicial. Conseguiu criar algumas jogadas, mas os atacantes peruanos falharam na hora da conclusão e não levaram perigo ao goleiro Araque.

 

O segundo tempo começou igual a etapa complementar. O Estudiantes de Mérida propondo o jogo e tentando marcar o gol no Alianza Lima na base do abafa.

 

Mas quando os peruanos desceram pela primeira vez ao ataque na etapa final, um lance infeliz mudou o rumo da partida. Salcedo invadiu a área e foi derrubado de forma atabalhoada por Edson Rivas. O árbitro não teve dúvida e marcou o pênalti para o Alianza. Alexi Gomez bateu bem e não deu chance para o goleiro Araque: 1 a 0 para os peruanos, aos 6 minutos.

 

O Estudiantes de Mérida não tinha nem digerido ainda o primeiro gol e já tomou o segundo, aos 9 minutos. Salcedo recebeu passe e bateu com muita categoria para marcar um golaço: 2 a 0 para o Alianza.

 

Só restava aos Rojiblancos partir para cima em busca de diminuir o prejuízo. E 10 minutos depois de tomar o segundo gol, o Estudiantes conseguiu marcar. Christian Flores passou para Edson Rivas, que acertou um lindo chute e conseguiu fazer um belo gol: 1 a 2

 

O Alianza Lima resolveu se fechar para segurar a vantagem, mas essa estratégia não deu certo. O Estudiantes de Mérida foi para tudo ou nada atrás do gol de empate e conseguiu. Jesús Meza deu enfiada de bola brilhante no meio dos zagueiros, Wílson Mena entrou em velocidade e empatou a partida: 2 a 2, aos 36.

 

Como o empate não era bom para nenhum dos dois times, eles se lançaram ao ataque em busca do gol da vitória. O Alianza até poderia ter tido a oportunidade de marcar, mas o árbitro não assinalou uma penalidade clara para os peruanos.

 

Mas o pênalti que o árbitro deixou de marcar para os peruanos, ele apitou para os venezuelanos e no último minuto. José Rivas bateu e decretou a virada para o Estudiantes de Mérida: 3 a 2 placar final.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *