Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Eugenio Mena coloca o Cruzeiro como uma das piores experiências da carreira

Eugênio-Mena-alvo-Boca-Juniors-mercado-da-bola-Futebol-Latino-28-12
Foto: Lucas Uebel/Light Press

Titular do Racing, Eugenio Mena é mais um dos jogadores que passaram pelo futebol brasileiro sem deixar muita saudade. Ao longo da sua trajetória tupiniquim, ele defendeu as cores do Santos, São Paulo, Cruzeiro, Bahia e Sport.

Leia Mais: Conmebol relembra escorregão que marcou a final da Liberta 2013
TOP 5 de sul-americanos que decepcionam na Premier League

Inclusive, no time de Minas Gerais, o chileno passou por um momento delicado, onde foi encostado pela diretoria e demonstra uma grande mágoa até hoje.

“Fiquei muito triste na época que saí do Cruzeiro. Eu tive que treinar a parte por três meses. Eu chegava às 8h30 e o restante do grupo às 10h. O São Paulo queria a minha contratação e o Cruzeiro fez jogo duro pedindo mais dinheiro para me liberar. No fim acabei negociado com o Sport”, declarou à LUN.

Ao longo de 2015, Mena pegou uma fase de transição do Cruzeiro, que acabava de conquistar o bicampeonato do Brasil. No total, ele disputou apenas 26 jogos durante a temporada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *