Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Print

Ex-atacante do México faz revelação sobre a Copa do Mundo de 2010

Em conversa com a mídia mexicana, Adolfo Bautista afirmou que recebeu uma proposta para comprar a sua convocação para o torneio, mas recusou

Aposentado dos gramados desde a temporada 2015, Adolfo Bautista, lendário atacante do futebol mexicano na década de 2000, concedeu entrevista à WRadio e revelou alguns bastidores da Tri.

Leia Mais: De virada, Chile derrota o Haiti antes de estreia na Copa América
Gigante da Europa perto de anunciar lateral-direito da Argentina

Na Copa do Mundo de 2010, disputada na África do Sul, o jogador não estava nos planos do técnico Javier Aguirre, mas afirmou que recebeu uma proposta para comprar a sua convocação no torneio.

“Eu já sabia que não iria disputar a Copa do Mundo, porém, quando o torneio se aproximou, fui procurado por alguns empresários que pediram 3 milhões de pesos. Com esse valor eu estaria entre os 23 convocados”, declarou.

“Na hora não pensei duas vezes e neguei a proposta. Expliquei que jamais compraria o meu lugar em algum clube ou seleção e encerrei o assunto”, completou.

Sem Adolfo Bautista, a seleção do México chegou até as oitavas de final da Copa do Mundo, quando foi eliminada pela Argentina.