Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Ex-Barcelona, Malcom brinca sobre motivo de lesões no clube

malcom-garante-que-nao-foi-vitima-de-racismo-na-russia-Futebol-Latino-28-11
Foto: Divulgação/Zenit

O atacante brasileiro Malcom, atualmente no Zenit, apontou existir uma grande diferença no formato dos treinamentos em comparação ao período em que esteve no Barcelona do clube russo.

Leia mais: Técnico de Vidal afirma que time da Alemanha demonstrou interesse no volante
Apresentador revela que Kaká tentou voltar ao São Paulo e foi rejeitado

Em tom de brincadeira ao falar com o programa Qué T’hi jugues!, da emissora de rádio Cadena SER, Malcom pontuou que o fato de fazer treinos que duravam até 50 minutos ininterruptos na Catalunha podem ter influenciado negativamente na sua condição física.

“Aqui fazemos sessões duplas de trabalho. No Barcelona treinávamos 40 ou 50 minutos e talvez por isso tenha me lesionado” disse o atacante, rindo.

O jogador de 23 anos de idade também falou sobre o comportamento que Lionel Messi apresenta perante ao grupo e também sobre a possibilidade de Neymar retornar a equipe do Camp Nou.

“Leo não é o presidente, é o capitão que ajuda a equipe. Falava primeiro conosco e logo ia falar com o presidente ou o treinador. Messi é incrível. No Barça joguei com os melhores e aprendi muito”, disse.

“Não sei se (Neymar) voltará. Se ele o fizer, vai ser como se tivesse jogando pela primeira vez no clube”, avaliou Malcom.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019