Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Ex-companheiro de Pelé no New York Cosmos morre no Uruguai

ex-companheiro-de-pele-no-new-york-cosmos-morre-no-uruguai-Futebol-Latino-23-02
Foto: Divulgação/Nacional

Figura emblemática e que simboliza os tempos áureos do futebol uruguaio entre clubes, o zagueiro Juan Masnik faleceu nessa terça-feira (23) aos 77 anos de idade. A causa da morte não foi revelada.

OS_BRAZIL_300x250_2020_Q2_SOC

Leia mais: Primo de Tiago Volpi, goleiro Neto está livre no mercado
Lembra dele? Ex-Inter ataca críticos nas redes sociais

Revelado no Nacional, foi justamente no clube de Montevidéu que o defensor acumulou as duas conquistas mais importantes de seu currículo como atleta ao faturar no ano de 1971 a Copa Libertadores (batendo na final o Estudiantes) e o Mundial Interclubes, ainda no antigo formato, onde superou os gregos do Panathinaikos. Isso porque o Ajax, campeão europeu da época, desistiu de disputar o certame.

Não à toa, nas redes sociais, o Tricolor prestou sua homenagem fazendo menção também ao período em que o zagueiro foi capitão da seleção uruguaia, algo que durou dois anos diluídos em 33 partidas incluíndo a disputa da Copa do Mundo de 1974 realizada na Alemanha.

Além do Bolso, como jogador Masnik defendeu também Cerro, Gimnasia, Universidad Católica e Sud América bem como duas passagens pelo futebol dos Estados Unidos com o intrínseco papel de difundir a cultura do esporte no país.

Na primeira delas, ele jogou pelo New York Skyliners e, na segunda e mais badalada, integrou o plantel do New York Cosmos onde estava nada menos do que Pelé. Como ainda não existia a Major League Soccer (MLS), a principal disputa da época era a ainda existente North American Soccer League (NASL), hoje considerada como a segunda competição de maior prestígio na hierarquia do futebol estadunidense.

Depois da aposentadoria, ele chegou a trabalhar por pouco tempo no Nacional, mas acabou efetivamente fortalecendo sua imagem em El Salvador onde dirigiu as equipes do CD Luis Angel Firpo, CD FAS, Atlético Marte e Alianza FC.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©