Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Ex-dirigente que levou Maradona e Messi ao Barcelona critica diretoria

fala-calil-o-destino-de-messi-apos-a-goleada-na-champions-Futebol-Latino-15-08
Foto: Manu Fernandez/AFP

Um dos nomes mais procurados por veículos de todo o mundo para comentar o “imbróglio” entre Lionel Messi e Barcelona tem sido o ex-jogador e dirigente do clube catalão Josep María Minguella. Isso porque ele é apontado, por muitos, como o responsável por fazer com que o próprio Messi, além de Diego Armando Maradona, tivessem a chance de defender o clube culé.

Leia mais: Ex-Diretor Esportivo do Boca Juniors revela sondagem para trabalhar no Futebol Brasileiro: “um projeto que pode me interessar”
Leandro Damião homenageia ator de Pantera Negra em gol no Japão

Fazendo uma avaliação do panorama existente na atualidade sobre La Pulga ao falar com a Folha de S.Paulo, Minguella confessa que tem o sentimento de lamentação, mas entende os motivos existentes para Lionel querer sua saída.

Ele ainda fez questão de creditar a atual diretoria (capitaneada pelo presidente Josep María Bartomeu) as principais críticas e ações que viriam motivando Messi a “amadurecer” a ideia de não defender mais o Barça:



“É uma situação delicada. Estou triste, claro. Se Lionel realmente sair, vai haver uma revolta muito grande com os dirigentes. Eles são os culpados por contratações equivocadas e pela ausência de um plano a longo prazo. A sensação que passa é que o time em campo não vai a lugar nenhum. Messe tem 33 anos. Ele quer vencer nos anos que lhe restam na carreira. Mas se ele quiser ir mesmo, o que podemos fazer? É a vida.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *