Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Ex-Inter de Milão deve assumir gigante da América do Sul

Foto: AFP

Na noite da última terça-feira, o Rosario Central surpreendeu muita gente e não renovou o contrato de Diego Cocca. O acordo seria até o dia 30 de junho, mas para a surpresa do comandante, ele não será prolongado.

Leia Mais: Ex-Palmeiras, Juninho participa de live e relembra títulos pelo Verdão
Há dois anos, Guerrero vivia momento inesquecível com a seleção do Peru



“Estou surpreso. Não foi por questão da pandemia ou economia dentro do clube. O principal tema é a falta de compatibilidade do tempo de trabalho. Expliquei qual seria a minha ideia a diretoria, mas não foi aceito”, afirmou à Rádio Continental.

“Inicialmente, o contrato de renovação tinha seis meses, depois passou para um ano. Eu disse que gostaria de ir até dezembro do ano que vem. A diretoria prometeu estudar o caso e quando me deram a resposta ela foi negativa”, completou.

Superliga Argentina

Em campanha de recuperação, o Rosario Central de Diego Cocca ficou na 9ª colocação e garantiu uma vaga na Sul-Americana da próxima temporada.

Substituto

O favorito para dirigir o Rosario Central é Kily González. Identificado com o time Canalla, o ex-jogador é ídolo da torcida e já manifestou o desejo de assumir o clube no futuro. Com o caminho livre, ele tem tudo para ser anunciado nas próximas semanas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019