Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Ex-jogador do Uruguai dispara contra suposto esquema para o Brasil ganhar a Copa América

Brasil-Peru-Copa-America-Futebol-Latino-07-07
Foto: Raul Arboleda/AFP

Uma das principais peças do Uruguai no começo dos anos 2000, Javier Chevantón apertou o botão da polêmica e deu uma entrevista picante ao programa ‘Último al arco’, da rádio Sport890.

Bettilt 300x250

No bate-papo, o ex-jogador foi questionado sobre qual atleta da Celeste é mais parecido o seu jogo e não titubeou.

Leia Mais: Ex-Boca revela que Riquelme tomou decisão surpreendente após a final da Liberta contra o Corinthians
Dudamel recorda passagem hostil em clube sul-americano

“O Luiz Suárez parece comigo. Ele quer marcar um gol de todo jeito: cabeça, pé ou bico. Eu era igual. Fazia qualquer coisa para não perder o gol”, declarou.

O clima esquentou quando Chevantón foi questionado sobre o desempenho do Uruguai na Copa América 2019. Na ocasião, a Celeste acabou eliminada pelo Peru na disputa de pênaltis, mas para o ex-jogador, o resultado do torneio estava armado para o Brasil.

“Eles (Conmebol) nos mataram. Fizeram de tudo para que o Uruguai não fosse campeão. O Brasil precisava ganhar o torneio dentro de casa. O VAR para impedimento serve, mas em questão dos pênaltis durante o jogo não assinalaram”, disparou.

Uruguai x Peru

No jogo citado por Chevantón como ‘irregular’, o Uruguai teve alguns gols anulados por conta do VAR, mas em todos a arbitragem assinalou corretamente. A Celeste também reclama de possíveis pênaltis no duelo contra a Bicolor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019