Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Print

Ex-Mogi Mirim busca artilharia e conquista de acesso na Coreia do Sul

Com 27 anos de idade e passagem por Mogi Mirim e Oeste, Waguininho vive seu segundo ano de experiência atuando fora do futebol brasileiro
ex-mogi-mirim-busca-artilharia-e-conquista-de-acesso-na-coreia-do-sul-Futebol-Latino-07-07

Acostumado a passar por um crescimento natural no patamar de sua carreira, o atacante Waguininho vem conseguindo trabalhar bem essa questão também no futebol da Ásia, mais precisamente jogando pelo Bucheon 1995.

Leia mais: Atacante do Al-Gharafa é assassinado enquanto curtia as férias no Brasil
Revelação uruguaia manifesta desejo de jogar no River Plate

Na segunda temporada em que está jogando pelo time da Coreia do Sul na segunda divisão local, o atleta já consegue vislumbrar não apenas as conquistas coletivas, mas também almejando feitos individuais importantes como, por exemplo, a artilharia da K League Challenge:

“Estou a quatro gols do artilheiro do campeonato (o também brasileiro Marcão, com 11 gols). Vou continuar trabalhando para brigar por isso também. Na última temporada aqui na Coreia do Sul marquei nove gols. Quero passar desta marca neste ano.”

Nascido na região da Baixada Santista em Cubatão, Waguininho teve passagem pelo São Vicente antes de duas duas últimas equipes em território brasileiro também no estado de São Paulo: Mogi Mirim e Oeste.

Com uma campanha consistente até aqui no torneio (quarto lugar) que dá acesso a principal divisão sul-coreana, o jogador prefere ficar atento a uma maior regularidade para que, em meio a disputa, o rendimento não sofra oscilações:

“Estamos buscando a manutenção no G4. O campeonato está muito equilibrado e tudo pode acontecer. Temos que continuar firmes neste bloco da frente da tabela de classificação para passarmos à próxima fase da competição. Vamos lutar pelo acesso neste ano.”