Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Ídolo do São Paulo se arrepende de saída do Real Madrid, e aconselha Vinícius Júnior

Real Madrid
Rubens Chiri / saopaulofc.net

* Por Roberto Junior 

Ídolo do São Paulo, Cicinho relembrou os momentos em que esteve no plantel dos ‘Galácticos‘ do Real Madrid entre dezembro de 2005 até o meio de 2007. O ex-lateral não esconde o arrependimento de ter deixado o clube, onde foi para a Roma em seguida.

OS_BRAZIL_300x250_2020_Q3_SOC

leia mais
Peter Crouch relembra traumático episódio envolvendo Marcelo
Por conta de James Rodríguez, Zidane é alfinetado por Ancelotti

Em entrevista ao programa “A Diario”, do Marca, Cicinho afirmou que não foi totalmente profissional enquanto esteve no Real Madrid. Em seguida, deu conselhos para Vinícius Júnior e Sergio Ramos, este último vive processo de renovação.

“Me arrependo de ter saído do Real. Tinha que sido mais profissional e me colocado mais em campo. Meu conselho para Vinícius é que trabalhe muito. Ele está no melhor time do mundo”, afirmou Cicinho. “Sergio Ramos deveria seguir no Real, se tornou um ídolo e um patrimônio do clube. É um jogador incrível. Tem que renovar”.

Sobre vestir a camisa do Real Madrid, o ídolo são-paulino classificou como um ‘sonho realizado’, mas que infelizmente viu seu extracampo começar a atrapalhar.

“Fui muito feliz quando joguei no Real Madrid. Cumpri um sonho. Nunca me preocupei em ser uma estrela do Real. Só queria jogar futebol. Mas tive problemas e acabei em perder o gosto por jogar futebol”, lamentou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *