Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Ex-técnico faz revelação sobre a vida de Ronaldo Fenômeno fora de campo

Foto: AFP

Ronaldo Fenômeno marcou uma grande geração de brasileiros entre os anos 90 e 2000. Dono de uma precisão única na hora de finalizar, o atacante cravou o seu nome dentro do Real Madrid, Seleção Brasileira e Corinthians.

Bettilt 300x250

Leia Mais: Alvo de clubes latinos, Renato Tapia não seguirá no futebol holandês
Ex-Boca Juniors crava: “Derrota na final para o Corinthians foi a mais doída da carreira”



Entre 2002 e 2007, ele defendeu o Real Madrid e fez parte de um grupo repleto de Galácticos. Durante o período, não faltaram histórias dentro e fora de campo. Uma delas foi revelada por Fábio Capello, treinador que dirigiu o Fenômeno na reta final de sua passagem no time Merengue.

No bate-papo com a Sky Sports, o italiano afirmou que Ronaldo foi o atleta que mais deu trabalho fora das quatro linhas.

“O Ronaldo foi o melhor talento que treinei. Ao mesmo tempo, foi ele quem criou o maior número de problemas fora de campo. Tive muita dor de cabeça por conta de festas e diversos assuntos. Em uma das vezes, o Van Nistelrooy reclamou que o vestiário cheirava álcool”, afirmou.

Na entrevista, Capello declarou que após a saída de Ronaldo Fenômeno para o Milan, a equipe embalou e faturou o título espanhol na temporada 2006/2007.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019