Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Falcao Garcia admite que quase parou de jogar futebol em recuperação de lesão

falcao_-foto_bertrand-langlois
Foto: Bertrand Langlois/AFP

Depois de fazer praticamente quatro temporadas dos sonhos entre suas passagens por Porto e Atlético de Madrid, o colombiano Falcao Garcia passou tempos difíceis de desempenho e também com a grave lesão que sofreu em 2014, ficando inclusive fora da Copa do Mundo no Brasil.

Leia mais: Marcelo Bielsa assina contrato com o Lille por duas temporadas
Torcedor colombiano monta bar em homenagem à Chapecoense

E, em entrevista concedida pelo atacante cafetero ao site da UEFA, ele inclusive chegou a admitir que acreditava ser melhor não continuar com a profissão devido as dificuldades que encontrou logo depois de ter passado pelo processo cirúrgico:

“Passei momentos difíceis depois da minha operação em que pensei em abandonar (a carreira como jogador de futebol), mas consegui seguir adiante e manter a esperança no futuro.”

O atacante hoje com 31 anos de idade deu seus primeiros passos no modesto Lariceros de Boyaca e, ainda no sub-17, foi para o River Plate onde realmente apareceu aos olhares do futebol sul-americano, passando de 2001 a 2009 subindo de desempenho até iniciar sua jornada que prossegue até hoje no Velho Continente.

Depois das complicações que enfrentou no pós-operatório, 2016/2017 tem sido um marco importante para o avante atualmente no Monaco. Tendo marcado 22 gols em 28 jogos jogando pelo atual líder do campeonato francês, Falcao recuperou o seu melhor ritmo e a possibilidade de voltar a ser uma peça importante também para a seleção da Colômbia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *