Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Fernando Prass revela que ficou próximo de não defender o Palmeiras

Foto: Divulgação/Palmeiras

Aos 41 anos, Fernando Prass é sem dúvida alguma o jogador mais experiente do badalado elenco do Palmeiras. Se atualmente o camisa 1 não joga com frequência, as defesas e momentos importantes com o Verdão não saem da memória do torcedor.

Leia Mais: Atacante do Napoli confirmou que o Boca Juniors tentou sua contratação
Malcom garante que não foi vítima de racismo na Rússia

Em sete anos de Alviverde, Prass conquistou duas vezes o Campeonato Brasileiro e faturou a Copa do Brasil, título o qual foi marcante a sua presença nas disputas de pênaltis, principalmente na grande final com o Santos.

Apesar da trajetória gloriosa, por muito pouco Fernando Prass não escreveu a sua história em outro clube do futebol nacional.

“Estava de saída do Vasco e o meu empresário tentou um acordo com o Vitória, que na época tinha o Deola no gol. Ele ligou para o Palmeiras e perguntou se o Deola iria continuar emprestado por lá e o diretor quis saber o motivo do interesse. Ele explicou a situação e o Palmeiras quis a minha contratação”, declarou ao portal Nosso Palestra.

Idolatria

Fernando Prass chegou ao Palmeiras em 2013, quando o clube atravessava uma das piores crises da história. Desde então, o seu perfil de líder ganhou espaço no elenco e a sua permanência é pedida pelo torcedor do Verdão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *