Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

FIFA emprestará a federações US$ 1,5 bilhão por impacto financeiro da pandemia

fifa-estaria-prestes-a-anunciar-limite-para-emprestimo-de-jogadores-Futebol-Latino-15-01
Foto: Fabrice Coffrini/AFP

Tentando minimizar as duras consequências de queda de receitas impostas pela pandemia de Covid-19, a FIFA segue com o seu Plano de Apoio Covid-19 onde, nessa quarta-feira (29), foi anunciada a liberação de finanças referentes a fase 3 do planejamento estabelecido pelo órgão com sede em Zurique, na Suíça.

Leia mais: Jesus pede e Benfica volta a carga por Cavani; Veja detalhes da oferta
Técnico campeão da Copa América ganha força em time latino

Em agenda que prevê o empréstimo de 1,5 bilhão de dólares (R$ 7,7 bilhões) entre todas as 211 federações associadas, serão feitos pagamentos que partem de um milhão de dólares no futebol masculino (R$ 5,1 milhões) e 500 mil dólares para o futebol feminino (RS 2,5 millhões) onde a intenção é financiar a retomada do esporte dentro dos protocolos de segurança necessários. Além disso, elementos como manutenção da infraestrutura e quitação de pendências referentes a gastos administrativos e operacionais também são contemplados na verba liberada pelo plano de apoio em questão.

Em adendo a quantia citada, até o mês de janeiro de 2021, será possível a solicitação de novos empréstimos (sem qualquer taxa de juros) que podem chegar a marca até de cinco milhões de dólares (R$ 25,6 milhões). Finanças essas que, segundo a FIFA, passarão por auditoria e terão de cumprir requisitos absolutamente rígidos para o pagamento posterior dos empréstimos.




Segundo declarou o presidente da entidade, Gianni Infantino, essa medida reflete de que forma o órgão que rege o futebol no planeta está encarando a crise financeira global além de fazer agradecimentos a membros do Bureau do Conselho que decidiram pela aprovação do Plano de Apoio:

“Esse plano de apoio é um grande exemplo de solidariedade e compromisso no futebol em um momento sem precedentes. Quero agradecer ao Bureau do Conselho que aprovaram a decisão de seguir adiante com essa importante iniciativa em benefício de todas as federações membro e confederações.”

Como existem 10 federações ligadas a Conmebol e outras 35 associadas a Concacaf, somente no continente latino o aporte nessa fase do Plano de Apoio Covid-19 pode chegar a 67,5 milhões de dólares (R$ 346,8 milhões).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019