Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Flamengo revive marca negativa que não obtinha desde 2018

flamengo-revive-marca-negativa-que-nao-obtinha-desde-2018-Futebol-Latino-13-08
Foto: Heber Gomes/Atlético-GO

É bem verdade que o trabalho do técnico espanhol Domènec Torrent à frente do Flamengo está somente em seu princípio, chegando na noite da última quarta-feira (12) somente a sua segunda partida.

Leia mais: A pedido de Andrea Pirlo, Juventus pode fazer investida em Vidal
Dida equatoriano pode receber maior salário de clube sul-americano

Todavia, uma estatística desagradável já foi obtida pelo novo comandante do time carioca em relação as duas derrotas consecutivas diante de Atlético-MG (1 a 0 no Maracanã) e os 3 a 0 sofridos contra o Atlético-GO.

Isso porque a última vez em que a equipe da Gávea perdeu dois jogos seguidos em uma temporada foi ainda no ano de 2018. Mais precisamente, quando o técnico do Flamengo ainda era Maurício Barbieri, atualmente sem clube.



A situação aconteceu no mês de setembro do ano em questão acumulando dois confrontos válidos pelo Campeonato Brasileiro onde a equipe perdeu por 1 a 0 para o Ceará no Maracanã e por 2 a 1 enfrentando o Internacional no Beira-Rio. De lá para cá, Abel Braga e Jorge Jesus comandaram de maneira permanente a equipe antes da chegada de Torrent.

Para evitar com que a sequência negativa se perpetue (chegando mais próximo das quatro derrotas seguidas de Oswaldo de Oliveira em 2015), o Fla volta a atuar no próximo sábado (15) às 19h30 diante do Coritiba no Couto Pereira pela terceira rodada do Brasileirão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *