Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Fora de casa, Santos consegue grande vitória contra o San Lorenzo no jogo de ida da Pré-Libertadores

Reprodução Twitter do Santos

Pela partida de ida da 3ª fase da Pré-Libertadores, em pleno estádio Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires, o Santos conseguiu dar um passo importante rumo à classificação para fase de grupos da Liberta ao conquistar grande vitória contra o San Lorenzo pelo placar de 3 a 1. O Peixe, que jogou melhor boa parte do jogo, construiu uma ótima vantagem na primeira etapa ao marcar um gol no começo e outro no fim da etapa inicial. No segundo tempo acabou tomando um susto aos 26 minutos, com o gol de Ángel Romero. Mas o garoto Ângelo, 16 anos, matou o jogo no final do segundo tempo, garantiu a vitória para equipe da Vila Belmiro e ainda entrou para história da Libertadores sendo o jogador mais jovem a marcar pela competição Sul-Americana.

 

OS_BRAZIL_300x250_2020_Q2_SOC

Leia Mais: Sul-Americana: 12 de Octubre vence Nacional nos pênaltis e vai a fase de grupos do torneio

Sul-Americana: Emelec vence o Macará e avança na competição



O jogo de volta entre Santos e San Lorenzo acontece no dia 13 de abril, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, pois atividades esportivas estão proibidas de serem realizadas no Estado de São Paulo. O vencedor deste confronto vai para fase de grupos da Copa Libertadores da América. O sorteio que definirá os times de cada chave será realizado na sexta-feira, dia 09 de abril. Quem passar neste duelo estará no pote 4.

 

O jogo

 

COMEÇO FULMINANTE DO SANTOS

O Peixe começou a primeira etapa partindo para cima do San Lorenzo. Marcando forte a saída de bola do Ciclón, os comandados de Ariel Holan conseguiram surpreender os argentinos sempre roubando a bola na intermediária e partindo rápido no contra-ataque. Em um desses contra-ataques, aos 4 minutos, Marcos Leonardo poderia ter aberto o placar, mas foi travado pelo zagueiro Braghieri.

 

Mas dois minutos depois, os defensores do Ciclón não conseguiram evitar o gol do Peixe. Após bola recuperada no meio-campo por Luan Peres, Lucas Braga é acionado. O atacante conseguiu limpar a jogada e bater firme no canto esquerdo do goleiro Devecchi e inaugurou o marcador: 1 a 0 para o Santos.

 

 

O PEIXE DOMINA O JOGO; CICLÓN ASSUSTA EM LANCE ISOLADO

O gol deu confiança ao time do Santos que dominou a partida durante toda primeira etapa e ainda por cima não permitia ao San Lorenzo criar oportunidades de gol. A única chance dos argentinos surgiu após cruzamento que veio pelo lado direito, aos 32 minutos, mas Pittón foi travado na hora da finalização.

 

MARINHO AMPLIA DE PÊNALTI

O Santos encerrou sua boa apresentação na etapa inicial ampliando o placar. Aos 44, Marcos Leonardo recebeu lançamento e foi derrubado pelo goleiro do San Lorenzo: pênalti! Marinho foi para batida e chutou forte e sem chances para o goleiro para fazer mais um gol para o Peixe: 2 a 0.

 

SAN LORENZO VAI PARA O TUDO OU NADA E CONSEGUE DIMINUIR

Na etapa complementar o Santos usou a mesma estratégia da primeira etapa: pressionava a saída de bola e tentava ampliar o placar após roubar a bola e sair no contra-ataque. Após um desses contra-ataques, a finalização de Lucas Braga acabou parando no goleiro Devecchi, que fez uma grande defesa e salvou o San Lorenzo, aos 11 minutos.

 

Mesmo com muita dificuldade, o San Lorenzo era valente e buscava a todo custo pelo menos diminuir o prejuízo. E, aos 26 minutos, o Ciclón teve a sua força de vontade premiada. Nicolás Fernández, que tinha acabado de entrar, conseguiu efetuar cruzamento pelo lado direito. Pará bobeou e não afastou o perigo. Ángel Romero foi oportunista acertou belo chute para marcar o gol do San Lorenzo: 1 a 2.

 

GAROTO ÂNGELO MATA O JOGO NO FIM DA PARTIDA

Com o gol, o Ciclón foi com tudo para cima do Peixe atrás do empate. Mas o Santos conseguiu se defender bem e ainda matar o jogo no finzinho da partida. Em contra-ataque, aos 48 minutos, Soteldo passou para Madson, que chutou cruzado. O goleiro Devecchi defendeu, mas deu rebote. O garoto Ângelo, 16 anos, aproveitou e deu números finais a partida: 3 a 1 para o Santos. O atacante agora é o jogador mais jovem da história a marcar um gol em jogo de Libertadores.

 

SAN LORENZO 1 x 3 SANTOS – JOGO DE IDA DA 3ª DA PRÉ-LIBERTADORES

Estádio: Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires (ARG)

Data: 06 de abril de 2021, às 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Wilmar Roldán (COL)

Assistentes: Miguel Roldán (COL) e Sebastian Vela (COL)

Cartões amarelos: Diego Rodríguez (SLO), (SAN)

Cartões vermelhos:

GOLS: Lucas Braga, 06’/1ºT (SAN), Marinho, 45’/1ºT (SAN), Ángel Romero, 26’/2ºT (SLO) e Ângelo, 48’/2ºT.

 

SAN LORENZO (Técnico: Diego Dabove)

Devecchi; Herrera, Donatti, Braghieri e Pittón; Diego Rodríguez (Elías, aos 25’/2ºT), Palacios (Óscar Romero, aos 30’/1ºT) e Juan Ramírez; Troyansky (Nicolás Fernández, aos 25’/2ºT), Di Santo e Ángel Romero.

 

SANTOS (Técnico: Ariel Holan)

João Paulo; Pará, Kaiky, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Vinícius Balieiro e Gabriel Pirani (Soteldo, aos 38’/2ºT); Marinho (Ângelo, aos 38’/2ºT), Marcos Leonardo (Bruno Marques, aos 38’/2ºT) e Lucas Braga (Madson, aos 47’/2ºT).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©