Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Frickson Erazo revela o motivo de sair do Brasil e o boicote no Equador

Foto: Divulgação

Após quatro anos no futebol brasileiro, Frickson Erazo decidiu rescindir o seu contrato junto ao Vasco da Gama e retornou ao Equador, onde buscou “abrigo” no Barcelona de Guayaquil, clube o qual tinha história antes se aventurar no exterior.

Bettilt 300x250

Leia Mais: Meia campeão da Libertadores pelo San Lorenzo provoca arquirrival
Arturo Vidal volta a detonar ex-treinador nas redes sociais



Em conversa com o Havoline Deportivo, o defensor abriu o jogo e confessou que deixou o Brasil para buscar estabilidade familiar, algo que estava atrapalhando o seu rendimento dentro de campo.

De volta ao Barcelona, Erazo passou por algumas situações inesperadas. A mais surpreendente foi a falta de inscrição nos torneios locais. Devido aos problemas internos da diretoria, o atleta ficou meses sem entrar em campo.

No bate-papo, o zagueiro afirmou que o clima dentro do clube não era dos mais favoráveis e sentiu que membros da diretoria “jogaram contra” a sua permanência.

“Por não estar registrado, eu não poderia entrar em campo. Em casos como esse, você não pode acusar o atleta de render pouco nos treinamentos, mas sim de incompetência de quem comanda, pois eu só esperava uma resposta final de quem inscreve os jogadores”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019