Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Goleiro conta bastidores de quando substituiu Iker Casillas

Foto: AFP

Revelado pelo Lanús, Agustín Marchesín fez sucesso em solo argentino e não demorou muito para receber uma oportunidade fora do país natal, onde manteve o padrão com as camisas do Santos Laguna e América.

Leia Mais: Permanência de Alexis Sánchez na Inter frustrou time sul-americano
Mais um! Futebol no Chile já tem data para recomeçar



Em alta na Liga MX e na casa dos 30 anos, ele recebeu a oportunidade de jogar na Europa, quando eve a dura missão de substituir Iker Casillas no Porto.

Acostumado com a pressão, o argentino falou sobre a responsabilidade que ganhou no velho continente e a sensação de assumir o posto de um ídolo.

“Foi uma verdadeira loucura. Ele é meu ídolo desde criança e ter a possibilidade de ter ele por perto foi único. É um sonho que virou realidade e a minha responsabilidade ficou gigante”, afirmou à TNT Sports, antes de completar:

“A primeira vez que vi o Casillas tinha 10 anos. Era um amistoso entre Argentina e Espanha e ele estava na reserva do Reina. Eu queria a sua camisa, mas não consegui o contato. O jeito foi me conformar com a sua entrada em campo”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *