Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Goleiro foi afastado de amistoso no Uruguai por conta de “meditação”

Foto: FocoUY

O fim de semana foi repleto de polêmicas no Uruguai. Dono de uma personalidade forte e que costuma provocar a torcida do Nacional, o goleiro Washington Aguerre, arqueiro do Cerro Largo, não participou do amistoso da sua equipe diante do Tricolor, fato que causou muito debate no país Celeste.


Leia Mais: Com cunho solidário, seleção do Peru lança máscaras oficiais
Campeão continental pausa a carreira e vira distribuidor de bebidas



De acordo com o próprio atleta, a diretoria do Cerro Largo o procurou e comunicou que ele não estava relacionado para o duelo por conta de tudo o que ocorreu nos últimos jogos entre as equipes, quando Aguerre provocou a hinchada adversária.

“Realizei os treinos normalmente antes do jogo e voltei para casa. Fui surpreendido por uma ligação do treinador avisando que tinha o dia livre e não pude fazer nada. Apenas aceitei e respeitei a decisão”, contou à rádio FM Del Sol.

Entenda o caso

Em fevereiro deste ano, quando o Cerro Largo visitou o Nacional no Centenário, Aguerre comemorou um gol da sua equipe meditando em frente ao torcedor rival, algo que gerou muita polêmica e ira dos próprios companheiros.

“Sabia que poderia causar incômodo na equipe. Muitos disseram que eu provoquei, mas posso garantir que não foi nada disso. Só fiz uma comemoração”, declarou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019