Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Goleiro provoca atacante após pênalti e se dá mal; Assista

Foto: Reprodução/Tigô Sports

O domingo do futebol paraguaio foi de muita emoção. No estádio Nueva Olla, Cerro Porteño e Olimpia protagonizaram um clássico decisivo para o torneio Apertura, já que ambos entraram nas primeiras colocações.



Leia Mais: Aguero evita comentar sobre possível chegada de Lionel Messi
Cerro Porteño vence clássico diante do Olimpia e dispara no Paraguaio

No fim, o Ciclón confirmou o excelente momento, venceu mais uma (2 a 0)e agora conta as rodadas para carimbar o título nacional, algo que não acontece desde 2017.

Provocação

Quando o clássico ainda se encontrava empatado sem gols, o Cerro Porteño teve um pênalti a seu favor. Diego Churín, principal atacante do Ciclón, não fugiu da responsabilidade pegou a bola, mas a finalização foi por cima da meta. Ao perceber que a bola foi para fora, o goleiro Aguillar, do Olimpia, foi até o centroavante e começou a gritar na sua cara e fazer gestos.

A resposta veio na etapa final. Quando o volume do Cerro era forte, Churín roubou uma bola perto da área e soltou um chute fraco. Aguillar caiu e viu a bola passar entre as mãos. O centroavante não perdoou o rival. Pegou uma bola e sentou em cima da linha para tirar sarro do arqueiro, que sem graça, recebeu apoio dos companheiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *