Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Gringos no Brasil: Marcelo Moreno e suas passagens por Vitória, Cruzeiro, Grêmio e Flamengo

Jogador teve grande destaque nos clubes brasileiros em que atuou com gols e títulos conquistados
marcelo-moreno-lamenta-bastante-maneira-bolivia-derrotada-Futebol-Latino-24-03

*Por Danilo Di Grado

Considerado um dos principais atacantes do futebol sul-americano e, para muitos, do futebol mundial, Marcelo Moreno dispensa comentários quando o assunto é mandar a bola na rede.

Leia Mais: Cavani posta mensagem em sua rede social e deixa mistério no ar
Monterrey, em jogo duro, ganha do Al-Sadd e vai a semi do Mundial

Atualmente com 32 anos, o atleta iniciou sua carreira na juventude em clubes vestindo a camisa do Oriente Petrolero e do Vitória.

Com isso, em 2005, o craque teve sua primeira chance como profissional no Leão. Além de ser um dos artilheiros do time até meados de 2007, o craque chegou a conquistar dois títulos do Campeonato Baiano, ficando na história.

Destacando-se na equipe de Salvador, Moreno fechou com o Cruzeiro. E em Minas Gerais, a história não foi diferente. No ano seguinte em que foi contratado, em 2008, chegou a ser um dos artilheiros da Libertadores, com 8 gols marcados na edição, e, no mesmo ano, chegou a fazer parte o elenco que conquistou o Campeonato Mineiro.

Após rodar pelo Brasil, Marcelo iniciou sua trajetória na Europa. Em maio de 2008, acabou transferindo-se para o Shakhtar Donestk, onde ficou apenas um ano até ser emprestado para o Werder Bremen, da Alemanha, e, em seguida, emprestado ao Wigan, da Inglaterra.

Com algumas rodagens pelo futebol do velho continente, o atacante voltou ao Brasil desta para atuar pelo Grêmio. Tendo uma boa passagem com a camisa Tricolor, Moreno foi um dos destaques do elenco em 2012, porém, logo no início de 2013 acabou tendo um início de temporada um pouco mais conturbado, ficando na reserva.

Sendo assim, em meados de abril, o jogador acabou sendo emprestado ao Flamengo. Mesmo que rápida, acabou conquistando títulos sendo eles o Troféu 125 anos de Uberlândia, em um amistoso contra o São Paulo, além da Copa do Brasil, também em 2013.

No entanto, acabou perdendo espaço no time, já que Hernane estava em melhor fase, sendo o principal goleador do Mengão, tendo seu retorno ao time do Rio Grande do Sul com apenas 5 gols feitos.

Porém Moreno acabou novamente sendo emprestado, desta vez para o Cruzeiro, onde já havia passado. Ainda sobre sua passagem pelo time carioca, recentemente o jogador deu uma entrevista ao programa Bem, Amigos, do SporTV, desabafando sobre a situação de uma possível mágoa na época.

“O Flamengo não acreditou em mim para a seguinte temporada. O Cruzeiro me abraçou e deu aquele suporte que todo o jogador precisa e acabou dando tudo certo”, declarou.

Não muito diferente do que foi na primeira, o boliviano acabou fazendo parte do elenco vitoria da Raposa em 2014. Além dos gols que contribuíram para as boas campanhas do time na temporada, ainda comemorou os títulos da Campeonato Mineiro, além do Brasileirão.

Mas em 2015, o atleta acabou deixando o Brasil novamente, deste vez com destino ao futebol chinês. Por lá, Moreno atuou pelo Changchun Yatai (2015-2017), Wuhan Zall (2017-2018), além do Shijiazhuang Ever Bright, seu clube atual que disputa a segunda divisão do campeonato local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019