Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Guerra nos bastidores pode tirar título continental de clube equatoriano

Foto: Divulgação/LDU

Na semana passada, Gonzalo Chila, ex-jogador da LDU, surpreendeu a América ao dizer que foi campeão continental com uma identidade falsa. Na verdade, o seu nome é Ángel Cheme e o clube de Quito sabia de tudo.

Bettilt 300x250

Leia Mais: Gary Medel revela o sonho de jogar por time da América do Sul
Maxi López abre o jogo e revela briga com comissão técnica de ex-time



Mesmo irregular, ele entrou em campo e ajudou a Liga de Quito a derrotar o Estudiantes na decisão da Recopa Sul-Americana de 2010, fato que causou indignação pelo lado dos argentinos.

Inicialmente, a equipe de La Plata não achava possível ficar com o título, mas após algumas reuniões dos diretores, o presidente Juan Sebastián Verón decidiu ingressar na Conmebol solicitando o reconhecimento da taça aos argentinos.

O Estudiantes se apega ao artigo 26 do regulamento de competições da Conmebol, onde fala de suspensão ao atleta e clube. Além de multa financeira, que pode acarretar na perda do título.

Argentina x Equador

Este não será o único embate na Conmebol entre argentinos e equatorianos. Por conta de uma possível inscrição irregular de um atleta do Independiente Del Valle, o Colón sonha em ficar com o título e premiação da Copa Sul-Americana 2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019