Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Guia da Copa América: tudo o que você precisa saber sobre as seleções

Copa América
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

*Lauren Berger – Colaboradora do Futebol Latino

Neste domingo, 13, começa a Copa América. Com muitas polêmicas extra-campo, enfim a bola irá rolar. Acontecendo no Brasil novamente, a competição conta com dois grupos, tendo cinco seleções cada. Agora, a diferença é que uma equipe de cada chave será eliminada. A primeira fase acontece entre 13 e 28 de junho.

Soccer 300x250

Leia mais: Veja quem é o maior artilheiro de cada país na história da Copa América
Argentino que joga na Itália está sob a mira do Arsenal

Argentina

Uma das favoritas na Copa América, a Argentina aparece na briga pelo título com o Brasil. Ainda mais porque tem a pressão de dar um fim aos 28 anos sem taças de sua seleção principal. No 8º lugar no ranking Fifa, aparece na 2ª colocação das Eliminatórias, com três vitórias e três empates. O principal nome da equipe é Messi, que acabou sendo expulso na disputa do 3º lugar da Copa América de 2019, diante o Chile.

Bolívia

Uma das seleções mais fracas pela disputa, não teve nenhuma vitória na Copa América de 2019. Naquele ano, teve apenas dois gols marcados. A equipe de César Farías, porém, pode dar problema aos seus adversários, pois são três jogos sem perder nas Eliminatórias. Inclusive, empatou com o Paraguai, seu adversário na estreia. No ranking Fifa, aparece em 81º lugar.

Brasil

Outro favorito da Copa América, o Brasil quer manter o título em casa. Além disso, nas Eliminatórias aparece na liderança, com seis vitórias. Além disso, sobre o comando de Tite, a seleção só perdeu uma vez, diante da Bélgica, na Copa do Mundo de 2018, com um aproveitamento de 92%. Conquistou a última edição da Copa América de forma invicta. O grande nome é Neymar, que vai em busca do título inédito em sua carreira. No ranking Fifa, está em 3º lugar.

Chile

Bicampeã em 2015 e 2016, o Chile chega em sua possivelmente última Copa América com a “geração de ouro”. Nas Eliminatórias, não faz boa campanha, estando em 7º lugar, com apenas uma vitória nos seis jogos. A grande questão para o técnico Martín Lasarte é o camisa 9 do time, já que nenhum dos oito gols na disputa pela vaga na Copa do Mundo saiu de um dos nomes para funções. O destaque é de Arturo  Vidal, que estava com Covid-19. No ranking, é o 19º colocado.

Colômbia

A Colômbia sempre dá trabalho aos seus adversários sul-americanos. Com a chegada de Reinaldo Rueda, a equipe tem dado trabalho aos seus adversários, tendo dois bons jogos. Nas Eliminatórias, está no 5º lugar, com duas vitórias, dois empates e duas derrotas. Sem James Rodríguez, Quintero e Falcao García, a equipe tem o destaque de Juan Cuadrado, que assumiu o protagonismo. Assim, no ranking Fifa aparece na 15ª posição.

Equador

Uma das zebras da competição, o Equador impressiona por estar atrás apenas de Brasil e Argentina nas Eliminatórias. Contudo, chega com três derrotas consecutivas. Assim, o técnico Gustavo Alfaro está pressionado. Por isso, tenta corrigir os problemas com a defesa, que já sofreu dez gols nas seis partidas. No ranking Fifa, aparece no 53º lugar.

Paraguai

O Paraguai causou uma boa impressão na Copa América de 2019. Assim, levou a seleção até as quartas de final, onde perdeu nos pênaltis para o Brasil, que seria o campeão. Agora, porém, chega com Eduardo Berizzo pressionado pela campanha nas Eliminatórias, onde aparece em 6º lugar. Além disso, é cobrado pelas atuações da seleção. O destaque é o zagueiro e capitão Gustavo Gómez, que vive o melhor momento da sua carreira no Palmeiras. No ranking Fifa, está na 35ª posição.

Peru

Lanterna nas Eliminatórias, o Peru tenta recuperar o futebol que levou a equipe para a final da Copa América de 2019. Na disputa pela vaga à Copa do Mundo, tem apenas uma vitória em seis jogos. Agora, chega com a falta de Paolo Guerrero e Luis Advíncula, que sequer foram convocados. Dessa forma, Ricardo Gareca tenta dar um final à má fase. No ranking Fifa, os peruanos ficam no 27º lugar.

Uruguai

Com grandes nomes, o Uruguai pode ser um forte nome para a Copa América. Contudo, precisa deixar para trás a imagem que criou nas Eliminatórias, onde está em 4º lugar. Na disputa por uma vaga na Copa do Mundo, tem duas vitórias, dois empates e duas derrotas. Contudo, não marcou gols em 287 minutos. O destaque é Luis Suárez, que recentemente conquistou o título da La Liga. No ranking Fifa, 9º.

Venezuela

Tendo uma das melhores gerações de sua história, a Venezuela quer deixar para trás o título de zebra. Nas Eliminatórias, soma apenas uma vitória, um empate e quatro derrotas. Nas últimas cinco edições da Copa América, chegou quatro vezes nas quartas de final. Contudo, o técnico José Peseiro tem o destaque da maior referência do time: o atacante Salomon Rondón, que está lesionado. Tem a volta de Yeferson Soteldo, que volta de lesão na MLS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©