Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Huachipato ganha bem do Antofagasta e está nos grupos da Sul-Americana

huachipato-x-antofagasta-sul-americana-futebol-latino-06-04
Foto: Divulgação/Huachipato

Com outro triunfo diante do Antofagasta, dessa vez jogando no Estádio CAP por 3 a 0, o Huachipato ratificou sua classificação para a fase de grupos da Copa Sul-Americana no confronto entre equipes chilenas. Agora, o clube da cidade de Talcahuano aguarda o sorteio da próxima sexta-feira (9) para saber em que chave cairá na segunda competição mais importante de clubes na América do Sul.

OS_BRAZIL_300x250_2020_Q2_SOC

Leia mais: 12 de Octubre vence Nacional nos pênaltis e vai a fase de grupos na Sula
Sul-Americana: Emelec vence o Macará e avança na competição

Primeiro tempo

Necessitado de marcar para ter chance de reverter a derrota no confronto de ida, nos primeiros minutos de partida foram os visitantes que assumiram a posse de bola na maior parte do tempo e chegaram a assustar a meta defendida por Martín Parra em batida forte em falta onde o goleiro precisou afastar de manchete a bola. Porém, bastou um trabalho mais coordenado da equipe da casa com Israel Poblete invertendo sua posição para o meia conseguir espaço e cruzar na medida para Maxi Rodríguez. O camisa 9 do Huachipato ajeitou e Cris Martinez foi de peixinho para colocar a pelota no extremo canto direito de Fernando Hurtado. Siderúrgicos na frente do marcador aos nove minutos de confronto.

No melhor estilo “balde de água fria”, nos minutos seguintes a abertura do placar, o Huachipato exerceu certa pressão que parecia estar próxima de resultar no tento que poderia até mesmo definir a eliminatória, mas a mira não esteve tão afiada como no lance do gol de Martinez.

Assim, o Antofagasta foi capaz de recuperar seu ímpeto inicial e terminava a primeira etapa tendo mais iniciativa e levando bastante perigo tanto no chute cara a cara de Eduard Bello como em uma batida de longa distância feita por Jason Flores onde, nos dois momentos, Martín Parra protagonizou defesas providenciais.

Mas, antes do apito que encerrou a etapa inicial, aos 39 o lateral-direito Lukas Soza acertou o cotovelo no rosto de Cris Martinez e a arbitragem expulsou com cartão vermelho direto. Outro complicado obstáculo para os Pumas buscarem a virada.

Segundo tempo

Com o time Albiceleste desgastado principalmente no aspecto emocional diante do duro golpe na reta final do primeiro tempo, o Huachipato soube explorar sua vantagem no momento do confronto e passou a ser bastante incisivo na busca pelo segundo tento no Estádio CAP.

A partir de então, o que se viu foi um verdadeiro “massacre” no sentido de volume de jogo onde Hurtado passou a aparecer constantemente e ser o único elemento que conseguia, de alguma forma, evitar a ampliação da dianteira. Todavia, aos 22 minutos, não houve escapatória.

Walter Mazzanti adentrou a grande área pelo lado direito em outro passe de profundidade dado por Poblete e teve absoluta liberdade para levantar a cabeça e fuzilar na diagonal, rasteiro, finalmente superando Fernando Hurtado. Ainda houve tempo para que Nicolás Silva, em lance semelhante ao de Mazzanti, ainda fizesse o terceiro com 41 minutos e ratificasse a vaga.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©