Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Hulk relembra o dia que deu uma ‘lição’ em Jorge Jesus

Foto: AFP

Ex-atacante da Seleção Brasileira, Hulk teve uma passagem positiva pelo Porto entre 2008/2012. No período, ele venceu 12 títulos e fez estrago nos clássicos diante do Benfica, o maior rival do Dragão.

Leia Mais: David Villa é acusado de abuso sexual por ex-funcionária do New York City
Corinthians quebra tabu de 26 anos contra Palmeiras/Luxemburgo



Em um deles, na temporada 11/12, o brasileiro foi alfinetado por Jorge Jesus, então técnico do Benfica, que não acreditava no potencial do atacante na hora de definir os confrontos.

Na conversa com a “FC Porto em Casa”, Hulk contou os bastidores do clássico e o jeito que deu para responder o ex-comandante do Flamengo.

“Era semana do clássico, e eu notava um pouco de nervosismo em todo mundo, principalmente do André Villas-Boas (ex-técnico do Porto). Eu falava: ‘Calma, Mister, é só mais um jogo, eles que têm que se preocupar, porque nós estamos em primeiro e vamos atropelar'”

“Lembro também que um repórter chegou para mim e falou que o Jesus não estava preocupado. Eu vivia um dos meus melhores momentos, mas ele disse que não estava preocupado comigo, porque o Hulk não ganhava jogo. Eu respondi: tudo bem, deixa chegar o dia do jogo e depois a gente conversa”, recordou.

O Porto vencia por 3 a 0 e não dava chances ao Benfica. Com poucos minutos para o fim do clássico, Hulk roubou a cena e marcou dois tentos para sacramentar o resultado.

“O engraçado é que o Jesus falou que não estava preocupado comigo, mas colocou o David Luiz de zagueiro esquerdo para me marcar, o Sidney pela esquerda, o Coentrão de extremo. Mas a gente estava tão bem aquele dia, tão solto, tão leve e com vontade de jogar, que não teve como”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *