Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Martín Palermo desconversa sobre a chance de treinar o Boca Juniors

Martín-Palermo-possível-técnico-Bolívia-Futebol-Latino-31-03
Foto: Divulgação

A iminente saída de Gustavo Alfaro do comando técnico do Boca Juniors agita os bastidores do futebol argentino e coloca em pauta a discussão sobre quem deveria assumir o time Xeneize a partir de janeiro.

Leia Mais: Flamengo é favorito para derrotar o River Plate na final da Taça Libertadores da América
Chivas Guadalajara e Toluca vencem na Liga MX; Veja Mais

Entre os nomes especulados, um que tem o carinho da torcida do Boca é Martín Palermo. Lendário atacante Xeneize que marcou época na década de 2000, atualmente comanda o Pachuca, do México, e teve que responder na coletiva sobre o clube argentino.

“O meu futuro está no Pachuca. Quero a classificação para o mata-mata, pois não alcançamos esse objetivo no primeiro semestre. É normal chegar especulações da Argentina, mas no momento, o Boca Juniors vai passar por eleição, trocar a diretoria e decidir o nome idela. Eu não tenho nada a ver com isso e quero reafirmar o meu compromisso com o Pachuca, que abriu as portas no começo do ano”, declarou o treinador.

Apesar da vontade de permanecer no time mexicano, Palermo terá as rodadas finais da Liga MX para recuperar o animo da equipe e brigar por uma vaga entre os oito melhores. Após 15 rodadas, o Pachuca é o décimo colocado.

Enquanto não decide o seu futuro, o Boca Juniors volta a campo neste meio de semana pela 11ª rodada da Superliga Argentina. O rival é o Lanús, fora de casa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019