Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Ignacio Piatti retorna ao San Lorenzo falando esta “2000% pronto”

Meio-campista retorna ao clube de Boedo cinco anos depois de sua última passada e quer entrar em campo o mais rápido possível
ignacio-piatti-retorna-ao-san-lorenzo-falando-esta-2000-pronto-Futebol-Latino-13-02

Na última quarta-feira (12), o clima no San Lorenzo mostrou uma mistura de festa e acolhimento a um nome bastante conhecido do torcedor do Ciclón: o meia Ignacio Piatti, voltando ao clube depois de cinco anos na MLS defendendo o Montreal Impact.

Leia mais: Quatro equipes recebem punições da Comissão Disciplinar da Conmebol
Torcida do Cerro Porteño dá show e acompanha o time do lado de fora do estádio

Aos 35 anos de idade e tendo construído uma trajetória bem-sucedida no Canadá, Piatti mostrou em sua entrevista que ainda alimenta grandes objetivos e, por isso, tem desejo de reestrear com a camisa do San Lorenzo o mais rapidamente possível:

“Quando alguém se sente cômodo na sua casa, a adaptação acontece mais fácil. Nem meu filho sabia que eu chegaria ontem (terça-feira) ao meio-dia. Hoje me levantei e era o dia mais feliz, é muito emocionante. Vou falar dentro de campo. Fisicamente, pessoal e mentalmente estou 2000%, não 100. Venho somar para o grupo e levar o San Lorenzo onde ele merece.”

Além de acrescentar que pretende participar das atividades preparatórias para o confronto frente ao Racing no próximo dia 22 de fevereiro pela Superliga Argentina, Nacho vê como a conquista da Copa da Superliga um objetivo plausível pela força do plantel.

“Creio que temos equipe para ganhar a Copa da Superliga e para avançar a competições internacionais e também para sonharmos com um segundo semestre muito bom”, disse o atleta que deve usar a camisa 28 por sua identificação com o número.

Quem também esteve presente e chegou a responder alguns questionamentos sobre a transação foi o presidente do Cuervo, Marcelo Tinelli. Segundo ele, a repatriação do experiente atleta com contrato válido até 2021 foi possível por terem repassado 90% dos direitos econômicos do jovem Emanuel Maciel mantendo os outros 10% projetando uma venda futura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019