Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Inacreditável! Filho de Johan Cruyff deixa seleção da América antes da estreia

tecnico-da-selecao-do-equador-filho-de-cruyff-aceita-reducao-salarial-Futebol-Latino-30-03
Foto: Rodrigo Buendia/AFP

Parece incrível, mas o futebol sul-americano aprontou mais uma das suas. Nesta quinta-feira, Jordi Cruyff deixou o seu cargo na seleção do Equador sem dirigir o país em nenhuma partida oficial.

Leia Mais: Libertadores: Times do Chile podem mandar seus jogos fora do país
Atacante que passou pelo futebol europeu é baleado durante assalto

Após a fraca campanha na Copa América 2019, o Equador foi ao mercado e acertou com o filho da lenda Johan Cruyff para dirigir a Tri nas Eliminatórias e recolocar o país na Copa do Mundo de 2022.

Porém, a crise causada pela pandemia do coronavírus abalou as estruturas da Federação Equatoriana de Futebol e as duas partes chegaram a um acordo para a rescisão.

Segundo a agência EFE, Cruyff recebeu apenas dois meses de trabalho e não teve que pagar nenhum tipo de multa por conta da rescisão.

Substituto

Com o caminho livre, a tendência é que o ex-técnico da Argentina, Edgardo Bauza, pinte com mais força nos bastidores para treinar o Equador nas Eliminatórias, que está marcada para agosto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *