Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Itália tem volume de jogo recompensado com vitória sobre o México

Selecionado vice-campeão europeu da categoria, a Itália foi superior a Tri em praticamente todos os momentos da estreia no Mundial Sub-20
Mexico-Italia-Mundial-Sub-20-Futebol-Latino-23-05

Na estreia de México e Itália pelo Mundial Sub-20 que acontece na Polônia, quem se mostrou mais organizada e preparada foi a equipe europeia. Imprimindo bem seu ritmo de jogo, a Azzurra começou a competição batendo os latinos pelo placar de 2 a 1 em confronto disputado na cidade de Gdynia pelo Grupo B.

Leia mais: Na Venezuela, elenco inteiro denuncia clube a AUFPV por atraso salarial
Ricardo Centurión revela qual clube deve jogar no segundo semestre

Os outros integrantes da chave, Equador e Japão, jogam às 15h30 (horário de Brasília) na cidade de Bydgoszcz, mais precisamente no Zdzislaw Krzyszkowiak Stadium.

Primeiro tempo

Com o início de muito ímpeto imprimido pelo selecionado italiano, pouco mais de um minuto depois do arqueiro Carlos Higuera quase ser surpreendido por uma falta lateral batida com muito perigo o time europeu já abriu a contagem na Polônia. Aos quatro minutos, o esguio centroavante Gianluca Scamacca recebeu lançamento vindo da defesa e ajeitou com o peito para Davide Frattesi que bateu forte de pé esquerdo e mandou no extremo canto direito do goleiro mexicano.

Até os 15 minutos, praticamente só a Azzurra conseguia jogar com sua maior posse de bola e troca rápida de passes que deixava a marcação latina nitidamente confusa e, em determinados momentos, bastante perdida.

Depois desse período, com a natural redução do ritmo dos europeus, a Tri começou a encontrar melhores espaços desde a saída de bola mais qualificada bem como no trabalho ofensivos para levar real perigo ao gol que era defendido por Alessandro Plizzari. Tanto é que a finalização mais contundente veio aos 23 minutos quando José Macías se livrou da marcação e bateu forte de média distância onde o camisa 1 da Itália caiu bem para fazer uma defesa segura.

Scamacca chegou a aparecer novamente na frente arriscando um chute de muito longe que passou perto da trave direita de Higuera, mas foi na defesa que a presença do camisa 11 foi notada de maneira nada favorável a Azzurra. Aos 37 minutos, em cobrança de escanteio, o atacante desviou tentando cortar pelo alto e acabou não só tirando Plizzari do lance como direcionando a bola para Roberto De La Rosa que testou para as redes e igualou as coisas na cidade de Gdynia.

Antes do intervalo, o atacante italiano voltou a aparecer (dessa vez no ataque) e finalizou com muito estilo, de voleio, para uma grande defesa de Carlos Higuera que garantiu a igualdade na primeira parte do confronto.

Segundo tempo

O México até ensaiou uma pequena pressão no início da etapa complementar, mas não teve a mesma organização e intensidade quando seu adversário o fez no princípio da partida.

Com isso, a primeira boa subida ao ataque surgiu do lado europeu quando Raoul Bellanova apareceu com liberdade pelo lado direito, cruzou rasteiro e, com a furada de Scamacca, o zagueiro Luca Ranieri aproveitou o escanteio prévio e chegou batendo bem de pé esquerdo para outra importante aparição de Higuera.

Atleta que mais conseguia fugir as dificuldades de armação da Tri, Macías foi novamente o protagonista de boa chegada latina quando conseguiu limpar o cenário da jogada e, de fora da área com 12 minutos, bateu para ótima defesa de Plizzari jogando para escanteio.

Mesmo não sendo tão impetuosa quanto já havia sido na partida, bastou uma subida no volume de jogo e a criação de duas chances seguidas de marcar para os italianos pularem novamente para a ponta do marcador. Após mandar uma bola na trave em cabeçada de Matteo Gabbia, em escanteio na sequência o corte da zaga mexicana sobrou fora da área onde, após chute meio desajeitado, a bola sobrou para Ranieri bater de pé esquerdo, 2 a 1 Azzurra.

Na base da necessidade, os mexicanos até saíram mais para o ataque buscando o empate, mas a consistência de jogo adversária foi superior e o placar seguiu de vitória para o selecionado dirigido pelo técnico Paolo Nicolato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019