Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Jogador acusado de agressão a ex-mulher não deve ser usado pelo América

juiza-imputa-acusacao-de-tentativa-de-feminicidio-a-renato-ibarra-Futebol-Latino-09-03
Foto: AFP

A carreira do jogador equatoriano Renato Ibarra está, nesse momento, em sério risco mediante ao clima de absoluta incerteza quanto a interessados em seu futebol muito em razão de seu envolvimento no caso de agressão a ex-companheira, Lucely Chalá.

Betwinner

Leia mais: Será? Livre no mercado, Balotelli observa clube sul-americano
Médico cria rotina para Maradona e diz: “Limpo de cocaína, mas com recaídas no álcool”

Depois do próprio Renato ter chegado a fazer um pedido público de desculpas tanto a Lucely como a todas as mulheres além de pedir uma “segunda chance”, o América até o inscreveu no Apertura 2020 da Liga MX. Todavia, a versão mexicana do portal da ESPN assegura que o clube já teria informado o próprio atleta que ele não deve ser utilizado.


O América estaria a procura de alternativas para que haja sequência da trajetória do jogador de 29 anos de idade seja em caráter de empréstimo ou mesmo uma transação em definitivo. Mas os valores não viabilizam o acordo para uma grande gama de clubes já que, atualmente, seu passe é avaliado em 4,5 milhões de dólares (R$ 23,8 milhões) com remuneração mensal taxada em 80 mil dólares, pouco mais de R$ 420 mil.

O fato de que o América gostaria de ceder Renato Ibarra por empréstimo com o clube interessado arcando com os salários que, inclusive, teria afastado o interesse do León em avançar nas conversas.

Outras possibilidades tem sido levantadas (Atlas, Tigres ou a MLS), mas a questão financeira e da imagem do atleta seguem como os maiores impedimentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019