Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Jogadores da Seleção não querem disputar a Copa América

jogadores-da-selecao-nao-querem-disputar-a-copa-america-Futebol-Latino-04-06
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Se por parte da organização da Copa América a movimentação constante vai na linha de viabilizar o torneio mesmo em meio ao constante agravamento da pandemia de Covid-19 no Brasil, uma mobilização de atletas em relação a Seleção Brasileira pode levar o torneio a ser forçosamente adiado novamente ou mesmo não contar com a presença dos anfitriões. Copa América que, se você quiser aproveitar para assistir e também lucrar, é possível acessando o site da 22Bet.

Leia mais: Em jogo de pouca emoção, Argentina e Chile empatam pelas Eliminatórias
Uruguai e Paraguai empatam sem gols em Montevidéu

Depois de circular uma informação do jornalista Pedro Ernesto Denardin sobre o desejo de atletas que atuam no futebol europeu não disputarem a competição continental marcada entre os dias 13 de junho a 10 de julho, o técnico Tite concedeu entrevista coletiva onde preferiu afirmar que “existe um posicionamento” tanto dos atletas como da própria comissão técnica.

Apesar de agregar que já houve, inclusive, “uma conversa clara e direta” entre jogadores e o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, o treinador preferiu não dar maiores detalhes sobre qual teria sido o teor do contato. Isso porque, segundo Tite, a ideia é cumprir a agenda das Eliminatórias nos compromissos contra Equador, na próxima sexta-feira (3) às 21h30 (de Brasília), no Beira-Rio, e diante do Paraguai (no próximo dia 8 de junho, em Assunção) para, aí sim, ser mais específico sobre o tema:

“Nós temos uma opinião muito clara e nós fomos lealmente, numa sequência cronológica, eu e Juninho, externando ao presidente qual é a nossa opinião. Na sequência, pedimos aos atletas para trabalharem e ficarem focados exclusivamente na nossa preparação para o jogo contra o Equador. (Os jogadores) nos atenderam nessa solicitação. Na sequência, solicitaram uma conversa direta ao presidente. Ela foi externada numa conversa direta pessoal com o presidente e comissão técnica. A partir daí, a posição dos atletas também ficou clara. Temos uma posição, mas não vamos externar isso agora. Temos uma prioridade agora de jogar bem e ganhar o jogo contra o Equador. Depois desses dois jogos (contra Equador e Paraguai), vou externar a minha posição.”

Com 12 pontos em quatro partidas disputadas e liderando a etapa classificatória para a Copa do Mundo de 2022, a Seleção está com 100% de aproveitamento onde, com o tropeço na rodada de Argentina (1 a 1 contra o Chile), pode abrir uma distância ainda mais confortável na ponta da tabela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©