Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Jornalista fala em condição da OMS a FIFA para retorno dos jogos

fifa-estaria-prestes-a-anunciar-limite-para-emprestimo-de-jogadores-Futebol-Latino-15-01
Foto: Fabrice Coffrini/AFP

O cenário de retorno das atividades tanto no futebol como também em todas as outras modalidades esportivas ainda parece bastante incerto em meio a pandemia do coronavírus. Contudo, uma informação do jornalista uruguaio Daniel Bianchi poderia delinear melhor o cenário onde o esporte mais famoso do planeta retomaria suas atividades.

Leia mais: Para goleiro, nome do Boca Juniors seria sugestão de reforço para o Tottenham
Kaká é homenageado em quadro da Champions League

Isso porque, em sua rede social, Daniel fez uma postagem apontando que a Organização Mundial da Saúde (OMS) teria feito uma exigência de caráter inegociável junto a Fifa para dar garantias médicas ao retorno do futebol em todo o globo.

A exigência seria de que absolutamente todos os jogadores tenham sido imunizados com uma vacina própria para a prevenção do COVID-19. Vacina essa, aliás, a qual não existe efetivamente uma previsão de quando ela estará pronta já que a criação de uma imunização desse tipo demora 18 meses para ser desenvolvida e usada com segurança em humanos.



“ATENÇÃO!! A Conmebol recebeu essa manhã um comunicado da FIFA: A OMS informou que o futebol profissional no mundo não deve ser jogado até que cada jogador receba a sua vacina contra o coronavírus. É uma condição inegociável para que volte o futebol!”, diz a postagem do jornalista que trabalha na Radio Oriental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019