Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Lanús, fora de casa, abre vantagem contra o Vélez Sarsfield na Sul-Americana

Velez-Sarsfield-Lanus-Futebol-Latino-Lance-06-01
Divulgação/Conmebol Sul-Americana

Atuar como visitante não intimidou o jovem time do Lanús que, enfrentando o Vélez Sarsfield pela ida da semifinal da Copa Sul-Americana na noite dessa quarta-feira (6), ganhou por 1 a 0, gol marcado pelo veterano centroavante José Sand. Agora, o time Granate pode empatar por qualquer marcador que irá a sua segunda decisão de Sula enquanto, para o Vélez, só vencer por dois ou mais gols interessa pensando na classificação.

OS_BRAZIL_300x250_2020_Q2_SOC

Leia mais: Com arbitragem polêmica, Boca e Santos empatam sem gols
Interminável! Arévalo Rios é anunciado por novo clube

Primeiro tempo

O grande domínio territorial do confronto na maioria da etapa inicial era do Vélez. Com uma marcação bastante avançada e marcando sempre com absoluta proximidade quando o adversário tentava sair jogando, o Fortín até conseguia minar as possibilidade da equipe adversária.

Porém tinha sérias dificuldades no aspecto de concluir suas jogadas e viu suas finalizações pouco assustarem realmente a meta defendida por Lautaro Morales. A melhor chance surgiu quando Centurión foi derrubado dentro da grande área pelo próprio arqueiro adversário e a penalidade foi marcada pela arbitragem, mas a batida de Cristian Tarragona parou em Morales que pulou muito bem e fez a intervenção em dois tempos.

Mesmo sem praticamente atacar, concentrando-se em atrapalhar a construção do Vélez, bastou o Lanús achar um espaço no lado direito do ataque que capitalizou o primeiro tento do compromisso no José Amalfitani.

Após a bola chegar no domínio de Orsini onde o arqueiro Lucas Hoyos saiu de maneira um tanto quanto atabalhoada, o avante tocou pro meio e encontrou José Sand, completamente livre de marcação, bater pro fundo das redes com 39 minutos.

Segundo tempo

O roteiro do que ocorria no tempo complementar seguia praticamente o que já havia acontecido na primeira etapa onde a necessidade de ser ofensivo era do Vélez Sarsfield, mas faltava a capacidade real de infiltração para conseguir quebrar as linhas de marcação de um aplicado Lanús.

Por sua vez, já portando uma vantagem interessante pensando no compromisso da volta, as subidas do Granate eram escassas, mostrando claramente que a real preocupação dos visitantes era mais voltada a “atrapalhar” seu oponente do que a busca pelo segundo tento.

Com isso, o aspecto psicológico aos poucos também começou a ser elemento que pesava desfavoravelmente para o Fortín, ficando nítido, principalmente, nas faltas que eram obtidas pelo oponente.

Na reta final do compromisso, as mexidas por nomes como Thiago Almada e Lucas Orellano se mostraram efetivas na criação de dois bons lances onde os chutes cruzados fizeram Lautaro Morales ter bastante trabalho para segurar a dianteira do Granate até o apito final.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©