Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Lionel Messi vira tema até mesmo para jogadores do Real Madrid

lionel-messi-vira-tema-ate-mesmo-para-jogadores-do-real-madrid-Futebol-Latino-02-09
Foto: AFP

Em praticamente todas as análises e declarações de jogadores que atuem na Europa, o tema Lionel Messi acaba naturalmente surgindo. Algo de que o zagueiro Sergio Ramos e o meio-campista Toni Kroos, mesmo em coletivas representando as seleções de Espanha e Alemanha, não escaparam.

Leia mais: Campeões da Libertadores brigam por revelação sul-americana
Antonio Valencia é disputado por rivais sul-americanos

Companheiros de Real Madrid e adversários na próxima quinta-feira (2) em compromisso da Liga das Nações da UEFA, os atletas responderam questionamentos sobre La Pulga com tons diferentes em suas análises.

Para o defensor, ele entende que os feitos de Messi justificam a possibilidade do atleta ter o poder de decisão sobre seu futuro apesar de, na sua visão, ele não ter certeza se o argentino estaria manejando isso da melhor forma:

“Não é um tema que cabe a gente. Ele ganhou o direito de decidir seu futuro, não sei se fará da melhor maneira, mas lógico que, para o futebol espanhol, para o Barcelona e para nós, que gostamos de ganhar estando os melhores, gostaríamos que permanecesse aqui. Ele faz a Liga melhor, a sua equipe e os clássicos mais bonitos. Pouco posso acrescentar, ele ganhou esse direito, não vou fazer especulações, logo vamos ver o que vai acontecer. Para nós, não é uma notícia preocupante.”



Já no caso de Kroos, ele preferiu ir pela linha tanto de avaliar o impacto em La Liga com uma possível saída de Messi bem como não haver nenhuma “tristeza” de sua parte caso ele deixe o Barça justamente pelo aspecto da rivalidade:

“Que surpresa! Não tenho informação sobre isso. Há duas coisas: para a liga pode ser ruim como quando se foi Cristiano. Para o Madrid, é diferente porque perde um jogador importantíssimo. Eu não ficarei triste se ele for. Não sei o que pode acontecer, mas não é uma garantia para nós que vamos ganhar por isso. Messi é um dos melhores de todos os tempos. Se um jogador do seu calibre deixa de jogar pelo seu maior rival, está claro que não lamentaríamos demasiado. É uma grande arma.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *