Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Liverpool vence e garante vantagem para duelo da volta diante o Llaneros pela Sul-Americana

llaneros-x-liverpool-12-02-2020
(Foto: Divulgação/CONMEBOL)

*Por Danilo Di Grado

No primeiro confronto diante o Llaneros de Guanare, o Liverpool não decepcionou sua torcida e saiu vitorioso. Com o placar de 2 a 0 no estádio Rafael Agustín Tovar, os comandados do técnico Arizmendi marcaram seus gols com Fabián Augustín e Hernán Alonzo, ainda na etapa inicial.

Sendo assim, para o duelo da volta, os uruguaios poderão jogar por qualquer empate, ou, até mesmo, por uma derrota por um gol de diferença para avançar.

Leia Mais: Palestino massacra o Cerro Largo e está classificado para próxima fase da Pré-Libertadores
Lanús ganha bem na Sul-Americana da Universidad Católica de Quito

PRIMEIRO TEMPO

Jogando longe de seus domínios, a equipe do Liverpool iniciou o confronto colocando pressão na equipe do Llaneros. Antes dos 10 minutos, o time da casa já havia finalizado 4 vezes contra o gol de Jiménez, sendo as melhores com Araújo e Galván, porém sem conseguir tirar o zero do placar.

Com toda a intensidade nos minutos iniciais, a equipe visitante não estava disposta a não marcar no jogo de ida. Sendo assim, em um verdadeiro bombardeio contra o arqueiro rival, os venezuelanos praticamente não tinham espaços em campo, conseguindo finalizar apenas duas vezes com Benítez e Diaz antes dos 30 minutos.

Pressionando a todo momento, aos 31, finalmente o Liverpool conseguiu balançar as redes. Após assistência de Bruno Araújo, Fabián Agustín não perdoou e fez.

Motivado pelo placar aberto, os uruguaios, antes do término da etapa, conseguiram ampliar. Hernán Alonzo, já nos acréscimos, deixou o time da casa mais tranquilo na ida para os vestiários no apito do juiz.

SEGUNDO TEMPO

Mesmo tranquila no placar, a equipe do Liverpool não quis saber de tirar o pé na última etapa. Com isso, antes mesmo dos 10 minutos, chegou a finalizar contra o gol rival, mas a bola Araújo não chegou a oferecer perigo.

Controlando bem o tempo, além de não sair de seu campo de ataque, os uruguaios praticamente não sofriam investidas do Llaneros. Sendo assim, até meados dos 35 minutos, o panorama do confronto era basicamente igual.

Na reta final, apesar de muitas algumas chances de Arroyo e companhia, nenhuma foi capaz de alterar o marcador, fechando o duelo por 2 a 0.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *