Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Mesmo com interesse europeu, ex-Cruzeiro quer seguir no Brasil

mesmo-com-interesse-europeu-ex-cruzeiro-quer-seguir-no-brasil-Futebol-Latino-04-08
Foto: Assessoria CAV

Para alguns atletas de futebol, a saída do Brasil com a possibilidade de ganhar mais é muito atrativa. Não é o caso do meio-campista Diogo Sodré, já que o jogador não esconde o desejo de disputar o Campeonato Brasileiro e poder apresentar um futebol que o faça ser reconhecido nacionalmente.

Leia mais: Pumas e León vencem no encerramento da 2ª rodada da Liga MX
Flamengo é o time a ser batido no Brasileirão 2020

Com passagem pelo Qatar, Bragantino, Cruzeiro, Coritiba, Luverdense, Remo e, mais recentemente, o time de Votuporanga, interior de São Paulo, Sodré recebeu, oficialmente, a proposta de volta ao Chipre, para defender Onisilos Sotiras. Lá, o atleta jogou em 2019 e pôde desempenhar um bom futebol.

“Graças a Deus todos os clubes por onde passei sempre mantive meu bom nível de profissionalismo, e isso fez diferença para que eles me enviassem essa proposta. Lógico que o dinheiro é muito importante, mas sei que estou em uma boa idade e posso jogar em alto nível aqui no Brasil”, disse o meia, antes de completar:

“Ainda quero me destacar no cenário nacional. O futebol aqui é muito imprevisível, você pode acabar saindo de uma Série C ou D e acabar em times de ponta, essa é a minha vontade, ainda posso jogar um bom Campeonato Brasileiro, ser reconhecido. Isso pra um atleta não tem preço.”




Mesmo com a indefinição de seu futuro, no qual analisa a melhor escolha, o jogador mantém sua preparação física e psicológica em dia para que assim que voltar a treinar, possa estar preparado para não sentir o peso da parada.

“Estou ansioso para voltar. Mesmo durante a pandemia, segui minha rotina de treinamentos com meu preparador físico, que já me acompanha a muito tempo. Também me preocupo com a alimentação, com a situação que vivemos, o cuidado deve ser redobrado”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *