Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Ministro da Saúde da Argentina não crava retorno dos treinos presenciais

cronica-fl-que-a-bola-rolando-volte-a-ficar-em-primeiro-plano-Futebol-Latino-07-12
Foto: Alejandro Pagni/AFP

Enquanto em países como Brasil e Paraguai o futebol já está a todo vapor, na Argentina a situação ainda é de delimitação do momento onde as equipes serão autorizadas a iniciar os treinos presenciais.

Leia mais: Coluna de José Calil: E agora???
Ex-São Paulo diz estar pronto para substituir Sérgio Ramos no Real Madrid

E o estabelecimento dos protocolos para a volta segura dessas atividades pode ser feita na próxima terça-feira (4) em reunião que acontecerá na sede da Associação do Futebol Argentino (AFA).

Na sede do órgão que rege o futebol argentino, estarão presentes o presidente da entidade, Claudio Tapia, o Ministro da Saúde, Ginés González García, o Ministro de Turismo e Esportes, Matías Lammens, e também o Chefe de Gabinete, Santiago Cafiero.

Apesar das expectativas que vem sendo criadas no entorno da reunião agendada para às 16h (horário de Brasília), o ministro da saúde preferiu falar em tom mais cauteloso ao ser entrevistado pela emissora esportiva TyC Sports:




“Vamos nos reunir com o pessoal da AFA, o Chefe de Gabinete, Lammens e eu. Já nos mandaram o protocolo, estamos vendo. Vamos tratar, com responsabilidade, para ver como vamos reiniciar as atividades, mas não posso dizer o dia. Todos gostamos de futebol, sabemos que é cultural. Se fosse por mim, estaria no estádio do Racing.”

Na última atualização dos números relacionados a pandemia do novo coronavírus na Argentina, são 201.906 casos de infecção contabilizados com 3.648 mortes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *