Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Multa milionária pode segurar treinador da Colômbia

carlos-queiroz-e-apresentado-como-novo-tecnico-da-colombia-Futebol-Latino-07-02
Foto: Divulgação

O ano de 2020 encerra de maneira crítica para a seleção colombiana. No último compromisso do ano, a equipe cafetera foi goleada por 6 a 1 pelo Equador e ligou o sinal de alerta para a continuidade das Eliminatórias da Copa do Mundo.

OS_BRAZIL_300x250_2020_Q2_SOC

Leia Mais: Dia 100% Azul: equipes anunciam mais uma ação voltada ao Novembro Azul
Saiba o que Tite falou ao técnico Óscar Tabárez após a vitória do Brasil



Como não poderia ser diferente, o principal alvo da mídia e torcida é o treinador Carlos Queiroz, que nunca caiu no gosto da hinchada.

O seu contrato vai até a Copa do Mundo de 2022, mas a permanência não é certa, já que a pressão em cima do trabalho é gigantesca.

De acordo com a imprensa local, se a Federação Colombiana de Futebol optar pela saída do português, terá que desembolsar USD 6 milhões (R$ 31,8 milhões) pela multa rescisória.

Vale lembrar que, antes das Eliminatórias, Carlos Queiroz dirigiu a Colômbia na Copa América e o desempenho foi ruim com a eliminação nas quartas de final.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *