Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Na Libertadores, Bolívar abre vantagem diante do Junior Barranquilla

Bolivar-Junior-Barranquilla-Copa-Libertadores-Futebol-Latino-08-04
Foto: Divulgação/Conmebol Libertadores

Apesar de não ser o “cenário ideal” pelo gol sofrido como mandante, o Bolívar está na dianteira contra o Junior Barranquilla pela eliminatória da Libertadores na busca por uma vaga na fase de grupos da competição. Com os tentos de Leonardo Ramos e Diego Bejarano (Germán Mera diminuiu), o clube de La Paz venceu jogando no estádio Hernando Siles por 2 a 1 e pode empatar por qualquer placar que continua no torneio continental.

OS_BRAZIL_300x250_2020_Q2_SOC

Leia mais: Sul-Americana: com Lei do Ex, Aucas faz três em seis minutos e elimina Guayaquil City
Com nova vitória sobre o Guaireña, River Plate (Paraguai) avança na competição

Primeiro tempo

Logo aos quatro minutos de partida, um erro até certo ponto primário fez com que a equipe da casa abrisse importante vantagem no contexto da partida. No passe errado pra trás do zagueiro Germán Mera, Leonardo Ramos estava atento para ganhar na disputa, driblar o arqueiro Sebastian Viera e tocar pras redes, 1 a 0 Bolívar.

Para sorte do time de Barranquilla, ainda aos 10 minutos do compromisso o próprio Mera conseguiu se redimir do erro no primeiro tento da partida e foi dele o gol da igualdade. Após cobrança de escanteio vindo do lado direito do ataque, o defensor testou na direção do goleiro Javier Rojas que acabou “aceitando” ao não conseguir encaixar a bola e ver ela entrar na sua meta.

Mesmo tendo conseguido marcar rapidamente, a tendência de equilíbrio do confronto na etapa inicial não passou nem perto de se concretizar. Isso porque o que se viu foi a equipe Celeste variando sua movimentação e, cada vez mais, sendo capaz de empurrar o Junior na defesa. Foi nesse contexto que o Bolívar criou duas oportunidades incríveis onde uma defesa espetacular de Viera no chute de Diego Bejarano e uma cabeçada na pequena área também do lateral-direito separaram o time de La Paz de retomar a dianteira do marcador antes do intervalo.

Segundo tempo

Assim como tinha acontecido no início do confronto, o Bolívar não demorou muito tempo para estufar as redes do Junior onde, finalmente, Diego Bejarano conseguiu vencer seu embate individual contra Sebastian Viera. Depois da bola alçada onde Leonardo Ramos cabeceou na segunda trave, o lateral chegou completando com o pé direito para recolocar os bolivianos no comando do placar do Hernando Siles.

Mesmo com o time anfitrião não se mantendo tão intenso como nos primeiros minutos do tempo complementar, o domínio do confronto parecia seguir sob a posse do time da Bolívia com o Barranquilla tendo enorme dificuldade para transformar a sua posse de bola em oportunidades mais claras de novamente igualar o marcador.

Pensando no gol qualificado como visitante, nos últimos dez minutos o time do técnico espanhol Natxo González tentou acelerar o ritmo na busca do gol que permitiria a equipe jogar até por um revés simples na Colômbia que avançaria. Porém, já sem a mesma energia e coordenação na troca de passes vista no começo dos dois tempos, o apito final decretou a manutenção do placar em 2 a 1 para o Bolívar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©