Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Nacional aproveita falhas grotescas e vence Oriente Petrolero na Bolívia

Nacional-Oriente-Petrolero-Futebol-Latino-12-08
Foto: Reprodução/Conmebol

Parecia que a empolgação da torcida do Oriente Petrolero era um pouco maior do que o normal, levando um ótimo público ao Estádio Ramón Tahuichi Aguilera para fazer a primeira partida da Copa Sul-Americana contra o Nacional, do Uruguai.

Mas o que parecia um sonho de obter um resultado para deixar o povo de Santa Cruz de La Sierra feliz acabou se tornando um verdadeiro pesadelo com o placar final de 3 a 0 para os uruguaios muito graças a atuação tenebrosa do sistema defensivo dos donos da casa.

O time boliviano até começou bem, mandando inclusive uma bola na trave após bonito passe do brasileiro Thiago Santos. Mas, com o passar do tempo, o Nacional foi aos poucos tomando conta do frágil meio campo do Oriente e abriu o placar na primeira bobeira da zaga adversária. Em uma cobrança de escanteio aos 37 minutos, o zagueiro José Aja apareceu totalmente livre de marcação e, na pequena área, deslocou o goleiro Arguello com um toque de classe na bola.

E foi justamente o arqueiro do time mandante que protagonizou a segunda falha bisonha da equipe no jogo já nos acréscimos do primeiro tempo, ao tentar segurar uma bola no alto e, se chocando com seu próprio companheiro, deixou ela livre para o atacante Barcía tocar por cobertura e ampliar a vantagem dos uruguaios.

Se a coisa já estava feita pro Oriente Petrolero na etapa inicial, ela piorou nos 45 minutos finais quando o atacante Saucedo, que havia entrado no segundo tempo, acabou sendo expulso de campo. Mesmo com um a mais, os visitantes pouco se esforçaram para aumentar substancialmente para aumentar o marcador e, mesmo assim, chegaram ao golpe de misericórdia.

Com 26 minutos, o meia do Nacional Nacho González dfez uma linda jogada pela ponta direita do ataque e, ao tentar cruzar, contou com o desvio do zagueiro e capitão boliviano Raldes, que marcou contra o próprio patrimônio.

Com esse resultado, os times voltam a se enfrentar na quinta-feira da próxima semana (20), tendo os nacionalistas uma vantagem de poder perder por até dois gols de diferença que, mesmo assim, avançam no torneio sul-americano.

2 comentários em “Nacional aproveita falhas grotescas e vence Oriente Petrolero na Bolívia”

  1. Pingback: Olimpia vence Huachipato na Sul-Americana

  2. Pingback: Defensor vence Bolívar com show de Olivera

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Futebol Latino sabe que a alegria do esporte bretão do continente americano é bem mais do que Brasil, Argentina e Uruguai. Isso porque o amante da bola quer mesmo é saber de tudo, desde a final do Brasileirão até a 5a rodada do Peruano, com a mesma seriedade e com a mesma paixão. Leia Mais

Entre em contato conosco: comercial@futebolatino.com.br

© Futebol Latino - Todos os Direitos Reservados - 2019 | Por Diegão ©