Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Nacional tem histórico recente equilibrado em mata-mata contra brasileiros

Considerando Copa Sul-Americana e Libertadores, o time do Nacional jogou quatro eliminatórias nos últimos três anos com motivos para comemorar e lamentar
nacional-tem-historico-recente-de-equilibrio-em-mata-mata-contra-brasileiros-Futebol-Latino-24-07

Pelo quarto ano consecutivo, o Nacional jogará uma eliminatória de torneio continental diante de uma equipe brasileira como será frente ao Internacional nessa quarta-feira (24) às 19h15 (horário de Brasília) em Montevidéu pelas oitavas de final da Copa Libertadores.

Leia mais: Serginho revela bastidores da aposentadoria de Alex Silva
Montevideo Wanderers sofre com desfalques para duelo contra o Corinthians

Até aqui, o histórico tem sido equilibrado nesse aspecto já que, pensando em confrontos válidos tanto pela Liberta como na Copa Sul-Americana, o time enfrentou o Corinthians (oitavas da Libertadores 2016), Botafogo (oitavas da Libertadores 2017), Chapecoense (Pré-Libertadores 2018) e Fluminense (Copa Sul-Americana 2018) e teve 50% de aproveitamento.

Diante do time paulista, na primeira das citadas, 0 a 0 no Gran Parque Central e 2 a 2 na Arena Corinthians (com gol do hoje Colorado Nicol López) para vaga dos charruas. Contra os cariocas, um ano depois, queda após derrotas em casa (1 a 0) e fora (2 a 0). Algo devolvido pelos uruguaios diante da Chape ganhando na Arena Condá e no Gran Parque Central, nas duas vezes por 1 a 0.

Por fim, a última lembrança de mata-mata contra um time brasileiro não é das mais positivas. Isso porque o Fluminense, depois de empatar no Nilton Santos por 1 a 1, foi até Montevidéu e conseguiu vencer por 1 a 0 eliminando o Nacional.

error: Futebol Latino 2019