Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Nantes e Cardiff podem iniciar batalha judicial pelo dinheiro da venda de Emiliano Sala

corrente-nas-redes-sociais-pede-continuidade-de-buscas-por-sala-Futebol-Latino-25-01
Foto: Divulgação

*Por Agência Conversion

O Nantes (França) reclamou à Fifa que o Cardiff (País de Gales) não pagou a primeira parcela dos R$ 74,4 milhões acordados entre os dois clubes pela venda do atacante argentino Emiliano Sala, de 28 anos, morto em um acidente de avião no Canal da Mancha, entre a França e a Inglaterra, em janeiro. A compra – a maior da história do clube inglês – foi selada dois dias antes da aeronave em que ele estava desaparecer nas águas.

Leia mais: Millonarios convida o Bayern de Munique para amistoso no El Campín
Reinaldo Rueda admite preocupação com Alexis Sánchez e Vidal

O Nantes alega que a cobrança é parte do que foi acordado em um contrato, enquanto o Cardiff alega que prefere esperar até que as investigações sobre o acidente acabem. Os advogados do time francês já tinham demandado a primeira das três parcelas no começo de fevereiro, como estava previsto no acordo, mas aceitou estender o prazo até o último dia 26 de fevereiro.

Sem o dinheiro, o Nantes levou adiante a ameaça de levar o caso à entidade máxima do futebol que, em um comunicado, afirmou estar “analisando a matéria” e que “não há o que comentar sobre o assunto por agora”.

O Cardiff, por sua vez, disse em outro texto distribuído à imprensa que “continua empenhado em garantir justiça e responsabilidade no acordo entre os clubes, mas antes as autoridades devem terminar de determinar os fatos sobre a tragédia”.

Sala morreu no dia 21 de janeiro quando um avião Piper Malibu, pilotado pelo inglês David Ibbotson, que permanece desaparecido, caiu em águas inglesas do Canal da Mancha, dois dias depois do anúncio do negócio entre Cardiff e Nantes. Oficiais dos dois times, incluindo o diretor da equipe da Inglaterra, Neil Warnock, foram à Argentina para o funeral do jogador. Desde que o corpo dele foi achado, a disputa passou a ser pelo pagamento dos R$ 74 milhões que o time francês receberia pelo acordo.

O Nantes também procura um substituto para Sala, homem-gol do time por três temporadas. Uma situação também complicada porque deve 50% do passe do jogador argentino ao Bordeaux (França), de onde ele foi comprado em 2015. O atacante tinha marcado 13 gols na temporada 2018/2019, o último deles no dia 5 de dezembro, na vitória de sua equipe sobre o Olympique de Marselha (França), em casa, por 3 a 2, pela Ligue 1.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *