Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Nico López se vê passando por processo natural de adaptação no México

nico-lopez-se-ve-passando-por-processo-natural-de-adaptacao-no-mexico-Futebol-Latino-28-03
Foto: Divulgação/Tigres

Passaram-se pouco menos de quatro meses desde que o uruguaio Nico López oficialmente deixou o Internacional e partiu rumo ao Tigres para ter sua primeira experiência no futebol mexicano. Algo que, até aqui, tem sido baseado em passar pelo que ele vê como um natural processo de adaptação.

Leia mais: Comandante da Costa Rica comenta situação de Bryan Ruiz
No Uruguai, Óscar Tabárez e comissão receberão seguro-desemprego da AUF

Apontando que no México existe um estilo de jogo bem diferente do praticado no Brasil, Nico aproveita a paralisação forçada do futebol devido a pandemia do novo coronavírus para manter a forma física com exercícios em casa.

Além disso, o jogador de 26 anos de idade revelado nas categorias de base do Nacional elogiou os números que conseguiu acumular em 2019 com o Colorado e novamente frisou a importância de passar por esse início adaptativo ao seu novo clube para render aquilo que o clube espera dele.

“Foram apenas 4 jogos, estava entrando no ritmo ainda do futebol do México, eu passei 3 anos atuando no Brasil e é um estilo completamente diferente. Tenho me dedicado aos treinamentos em casa agora nessa pausa, e espero voltar preparado para mostrar o meu futebol, hoje meu pensando é ajudar o Tigres a brigar por títulos.”



“A temporada passada foi muito importante na minha carreira, atuei em mais de 50 jogos, tive uma ótima sequência e fiz jogos em alto nível. Foi um momento marcante vestir a camisa do Inter e ter sido destaque em alguns quesitos, assistências e passes, fui muito feliz no Brasil e espero poder atingir novamente esse nível pelo Tigres. Cheguei com uma expectativa alta, mas como qualquer atleta que vem de outro país, precisamos de tempo e sequência para manter uma regularidade”, agregou o atacante.

Em 2019 foram 27 jogos pelo Campeonato Brasileiro com 33 assistências para finalização e três assistências pra gol. O jogador teve o melhor aproveitamento em cruzamentos entre todos os jogadores do Internacional (28,9% de acerto) e também em dribles, com 40 certos de 46 totais.

Analisando o panorama de toda a competição vencida pelo Flamengo, El Diente terminou o campeonato entre os 10 jogadores com mais dribles, mas com o segundo melhor aproveitamento no quesito (87%) atrás apenas de Pedrinho, do Corinthians, com 90% de acertos. Na temporada completa, foram 51 jogos e oito gols marcados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019